Estudo do vírus sincicial respiratório (VSR) em pacientes pediátricos com uso de técnicas de biologia molecular para triagem de patógenos respiratórios

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-12-18

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O vírus sincicial respiratório (VSR) é o um vírus altamente transmissível, afetando seres humanos em todas as idades, com altas taxas em crianças até 2 anos de idade. Ele é o agente mais comum nos quadros de bronquiolite aguda, pneumonia e bronquite. Pode desencadear quadros infecciosos graves em lactentes entre 1 e 6 meses de idade. Por ser o VSR um agente prevalente nos pacientes pediátricos, o presente estudo objetivou reconhecimento da prevalência do subtipo de VSR nos quadros infeccioso, assim como, faixa etária dos pacientes acometidos, a avaliação das manifestações clínicas, laboratoriais, tempo de permanência, suporte ventilatório e uso de antibioticoterapia nos pacientes internados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, Brasil, no período de janeiro de 2023 até setembro de 2023. Pelo uso da Reação em Cadeia da Polimerase precedida de transcrição reversa (RT-PCR) seguida de hibridização com sondas foi possível realizar a identificação e subtipagem dos VSR presentes nas amostras de secreção de nasofaríngea dos pacientes no presente estudo. De forma geral, foi possível observar que as atuais técnicas diagnósticas (teste rápido para VSR) utilizadas no serviço demostraram grande número de resultados falso negativos. Entre as infecções causadas por VSR, o VSR-A foi o mais prevalente e afetou principalmente pacientes menores de 1 ano de idade. Os principais sintomas referidos nas infecções por ambos os tipos de VSR foram tosse e dispneia. A febre não foi um sinal clínico frequente nestas infecções. Como conclusão geral, o VSR-A é o principal agente infeccioso na pediatria responsável pelo maior número de internações hospitalares.
Respiratory syncytial virus (RSV) is a highly transmissible virus, affecting humans at all ages, with high rates in children up to 2 years of age. It is the most common agent in acute bronchiolitis, pneumonia and bronchitis. It can trigger serious infections in infants between 1 and 6 months of age. As RSV is a prevalent agent in pediatric patients, the present study aimed to recognize the prevalence of the RSV subtype in infectious conditions, as well as the age range of affected patients, the evaluation of clinical and laboratory manifestations, length of stay, ventilatory support and use of antibiotic therapy in patients admitted to the Hospital das Clínicas of the Faculty of Medicine of Botucatu, Brazil, from January 2023 to September 2023. Through the use of Polymerase Chain Reaction preceded by reverse transcription (RT-PCR) followed by hybridization With probes, it was possible to identify and subtype RSV present in nasopharyngeal secretion samples from patients in the present study. In general, it was possible to observe that the current diagnostic techniques (rapid RSV test) used in the service demonstrated a large number of false negative results. Among infections caused by RSV, RSV-A was the most prevalent and mainly affected patients under 1 year of age. The main symptoms reported in infections with both types of RSV were cough and dyspnea. Fever was not a common clinical sign in these infections. As a general conclusion, RSV-A is the main infectious agent in pediatrics responsible for the largest number of hospital admissions.

Descrição

Palavras-chave

Vírus sincicial respiratório, Pediatria, Infecções respiratórias

Como citar

MELO, Tatiana de Campos. Estudo do vírus sincicial respiratório (VSR) em pacientes pediátricos com uso de técnicas de biologia molecular para triagem de patógenos respiratórios. 2023. Tese ( Doutorado em Pesquisa e Desenvolvimento (Biotecnologia Médica)) - Faculdade de Medicina de Botucatu, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Botucatu, 2023.