Alterações nos teores nutricionais foliares de bananeira 'prata-anã' adubada com composto orgânico em cinco ciclos de produção

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-10-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Fruticultura

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O presente trabalho objetivou avaliar o estado nutricional da bananeira-'Prata-anã' durante cinco ciclos de cultivo com adubação orgânica, no município de Botucatu-SP. As plantas foram adubadas com composto orgânico produzido a partir de serragem de madeira e esterco bovino, em que os tratamentos foram constituídos de doses desse composto (0; 98,5; 197,0; 290,5 e 394,0 g de K2O/planta). Empregou-se delineamento experimental em blocos casualizados, com cinco tratamentos e cinco repetições. No florescimento das plantas em cada ciclo, foram retiradas amostras foliares de duas plantas por parcela para serem analisados os teores de nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, boro, cobre, ferro, manganês e zinco. A maior parte dos macronutrientes presentes nas folhas não foi influenciada pelo incremento de doses de composto orgânico. No decorrer dos ciclos avaliados, os teores foliares de nitrogênio, fósforo, potássio, enxofre, boro, ferro e manganês diminuíram, enquanto o cálcio e o magnésio se acumularam nas plantas. Os teores de potássio estavam abaixo dos padrões para a cultura no Estado de São Paulo, em todos os anos avaliados, mesmo assim as plantas não apresentaram sintomas de deficiência ou queda de produção, inferindo-se que a faixa considerada como adequada para a cultivar pode ser inferior aos padrões atualmente adotados.

Resumo (inglês)

This work aimed to assess the nutritional status of banana 'Prata-anã' leaves for five cycles of cultivation with organic fertilization, in Botucatu, SP, Brazil. Plants were fertilized with organic compost produced with wood residue and cattle manure. Treatments consisted of the compost rates (0, 98.5, 197.0, 290.5 and 394.0 g of K2O per plant). The experiment was arranged in a randomized block design, with 5 treatments and 5 replications. At blooming, leaves of two plants were collected to analyze the levels of nitrogen, phosphorus, potassium, calcium, magnesium, sulfur, boron, copper, iron, manganese and zinc. The content of most nutrients in leaves was not influenced by the increasing rates of organic compost. During the cycles assessed the levels of leaf nitrogen, phosphorus, potassium, sulfur, boron, iron and manganese decreased, whereas there was an increase of the calcium and magnesium contents. The levels of potassium were below the standards for the cultivar in the state of São Paulo, for all the years studied, and yet plants did not show symptoms of weakness or collapse of production. It can be conclude that the range considered appropriate for the culture may be lower than the standards currently adopted.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Brasileira de Fruticultura. Sociedade Brasileira de Fruticultura, v. 33, n. spe1, p. 692-698, 2011.

Itens relacionados

Financiadores