Estudos epidemiológicos e controle químico de Phakopsora euvitis

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-02-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Fitopatologia

Resumo

Em janeiro de 2003 foram constatados sintomas típicos de ferrugem em folhas maduras de videira (Vitis vinifera), nas áreas experimentais da Universidade Estadual Paulista, Campus de Ilha Solteira, em Selvíria - MS e Ilha Solteira - SP. Este é o primeiro relato desta doença da videira no Centro-Oeste do Brasil. Considerando a intensidade da doença, a importância da cultura da videira na região e a falta de informações sobre a ferrugem, os objetivos deste trabalho foram: reconfirmar a patogenicidade de Phakopsora euvitis; estudar a influência da luz e da temperatura na germinação de urediniósporos; estudar o efeito do tipo de superfície na germinação de urediniósporos; determinar a longevidade in vivo de urediniósporos e avaliar a eficiência agronômica de fungicidas para o controle da ferrugem. Sintomas da ferrugem foram verificados somente em folhas maduras de videira. A temperatura de 25 ºC, no escuro, e a superfície inferior da folha de videira foram as melhores condições para a germinação de urediniósporos de P. euvitis. A germinação dos urediniósporos foi reduzida em 94%, em folhas de videira que foram retiradas das plantas e mantidas durante sete dias na superfície do solo. em dois experimentos realizados em campo constatou-se que os fungicidas tebuconazole, propiconazole e azoxystrobin proporcionaram as menores intensidades da doença. Tebuconazole apresentou-se como o fungicida mais eficiente no controle da ferrugem. No geral, maior intensidade da ferrugem foi observada em videira conduzida no sistema de espaldeira.
In January of 2003 typical symptoms of rust were verified on leaves of grape vine (Vitis vinifera), in the experimental areas of the Universidade Estadual Paulista, campus of Ilha Solteira, in Selvíria, Mato Grosso do Sul and Ilha Solteira, São Paulo State, Brazil. This is the first report of this vine disease in Central-Western Brazil. Considering the intensity of the disease, the importance of the vine in the area and the lack of information on vine rust, the objectives of this work were to ratify the pathogenicity of Phakopsora euvitis, to verify the influence of light and temperature on the fungus urediniospore germination; to determine the in vivo longevity of urediniospores and to assess the efficacy of fungicides to control the rust. Rust symptoms were verified only on mature grape leaves. A temperature of 25 ºC and darkness were the best conditions for germination of P. euvitis uredinospores on the inferior surface of the grape leaf. on infected grape leaves clipped from plants and kept seven days on the soil surface, the urediniospore germination was reduced by 94%. In two experiments eight fungicides were tested, where propiconazol, tebuconazol and azoxystrobin resulted in the lowest disease intensities. Tebuconazol provided the smallest rust intensity. In general, greater rust intensity was observed in the vine carried in the horizontal cordon system.

Descrição

Palavras-chave

Vitis spp., Parthenocissus tricuspidata, fungicidas, espaldeira, latada, germinação de urediniósporos, Vitis spp., Parthenocissus tricuspidata, fungicides, horizontal cordon system, trellising system, urediniospores germination

Como citar

Fitopatologia Brasileira. Sociedade Brasileira de Fitopatologia, v. 31, n. 1, p. 41-45, 2006.