Controle e hormesis de glyphosate em Brachiaria decumbens

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-07-08

Orientador

Velini, Edivaldo Domingues

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

O efeito de estímulo de uma característica biológica por baixas doses de um composto considerado tóxico, mas que em altas doses tem efeito inibitório é denominado efeito hormesis. Estímulos de crescimento em plantas têm sido verificados após a aplicação de subdoses de alguns herbicidas, incluindo o glyphosate. Nesse contexto, o presente trabalho teve por objetivo avaliar as respostas de crescimento de plantas de Brachiaria decumbens submetidas a diferentes doses de glyphosate. Foram realizados dois estudos em casa de vegetação, ambos em delineamento inteiramente casualizado (DIC). No primeiro estudo foram realizados três experimentos com seis repetições, sendo no experimento 1 testada uma curva de dose-resposta com nove doses do herbicida glyphosate (0; 22,5; 45; 90; 180; 360; 720; 1440 e 2880 g e.a. ha-1). Nos experimentos dois e três foram aplicadas onze doses do herbicida glyphosate (0; 2,8125; 5,625; 11,25; 22,5; 45; 90; 180; 360; 720 e 1440 g e.a. ha-1). No estudo 2 para a avaliação de subdoses com efeito hormesis realizou-se quatro experimentos, em DIC com oito repetições e dois tratamentos (testemunha e dose de 11,25 g e.a. ha-1). Para ambos os estudos foram coletadas oito plantas de vasos sem aplicação para a determinação da biomassa inicial dos experimentos. Nos experimentos do estudo 1 foram realizadas avaliações de fitointoxicação aos 0, 7, 14 e 21 dias após a aplicação (DAA), além da coleta de oito plantas por vaso de cada tratamento para determinação de massa fresca e massa seca. Além disso, realizou-se a quantificação de massa fresca e seca total dos vasos aos 21 DAA, sendo essa metodologia também adotada para os experimentos do estudo 2. Os resultados do estudo 1 indicaram que: em doses acima de 45 g e.a. ha-1 foi possível obter 80% de controle das plantas de B. decumbens; a aplicação de baixas doses de glyphosate estimulou o aumento da biomassa das plantas de B. decumbens, com valores máximos alcançados na subdose de 11,25 g e.a. ha-1 de glyphosate. O segundo estudo indicou que a aplicação de subdose de 11,25 g e.a. ha-1 de glyphosate promoveu tanto estímulo quanto inibição de crescimento, demonstrando haver variabilidade de resposta das plantas à essa subdose.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados