Produção, qualidade e sanidade de frutos de bananeira 'BRS Conquista' ensacados com polipropileno de diferentes cores

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-02-23

Orientador

Leonel, Sarita
Lorenzetti, Emi Rainildes

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Horticultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A bananeira é a segunda fruta com maior volume comercializado no mundo. Pelo fato de ser uma fruta muito apreciada pelo consumidor brasileiro, nos últimos anos surgiram diversas tecnologias que auxiliam no cultivo da bananeira, principalmente relacionadas à qualidade dos frutos. Nesse contexto, o trabalho teve como objetivo avaliar a influência da coloração dos sacos plásticos empregados no ensacamento de cachos de bananeira ‘BRS Conquista’. Os tratamentos consistiram no uso de sacos de polietileno comerciais, nas cores branco, preto, vermelho e azul, além da testemunha (sem ensacamento). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com cinco tratamentos, quatro repetições e quatro plantas por parcela, totalizando 80 plantas. Avaliou-se a qualidade fitossanitária dos frutos, sendo o número de pontuações de danos causados por tripes da erupção e a porcentagem de área lesionada causada por antracnose, além das características físicas dos frutos, como massa do cacho, massa da ráquis, massa dos frutos, número de frutos por cacho, número de pencas por cacho, massa das pencas, número, comprimento e diâmetro de frutos da segunda penca, e as características físico-químicas dos frutos, como sólidos solúveis, acidez titulável, relação polpa/casca, índice de maturação e período de maturação. Verificou-se que os cachos que foram ensacados com sacos de coloração branca e preto apresentaram menor número de pontuações provocadas por tripes. Enquanto que para antracnose, os cachos que receberam sacos de coloração branca, vermelha e azul, apresentaram as menores porcentagens de área lesionada. O ensacamento dos cachos com sacos plásticos de diferentes colorações não interferiu nas variáveis produtivas. Contudo, nos cachos que não receberam ensacamento observaram-se maiores teores de sólidos solúveis que naquelas ensacadas.

Resumo (português)

Banana is the second most commercialized fruit crop in the world. Since it is very appreciated by the Brazilian consumer, in the last years, several technologies have come out to help in the development of the crop, mainly related to the quality of fruits. In this context, the objective of this work was to use banana bagging techniques for improvements in the banana cultivation process. Polyethylene bags of white, black, red, blue colors and the control (no bagging) were used in this technique. A randomized complete block design with five treatments, four replications, two plants per plot, totaling 80 plants was used. The evaluated characteristics in the post-harvest were the bunch mass, fruit mass, number of fruits per bunch, bunch number, second bunch mass, number of fruits of second batch, length, diameter, pH, soluble solids, titratable acidity, pulp/peel ratio, maturation index and maturation days. The phytosanitary quality of the fruits was evaluated, and the symptoms of thrips and anthracnose were assessed. In addition, the physical characteristics of the fruit, which is represented by the mass of the bunch, mass of the rachis, mass of the fruit, number of fruit per bunch, number of penca by bunch, productivity, mass of the second bunch, number of fruit in the second bunch, length and diameter of the fruit in the second bunch and physical chemical characteristics of the fruit, soluble solids, acidity, relation pulp/peel, index of maturation and period of maturation were evaluated. It was verified that for the variable mass of the second bunch, the white and black bags presented better results, whereas for pH variable the blue staining was the one which showed better results, and for the soluble solids it was the control group. This work showed that the efficiency of bagging is associated with the type and color of the bag which is used, since the coverings assign a thermal role inside the bunches

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados