Métodos de coleta de deposição para ensaios de deriva em aplicações aéreas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-12-11

Orientador

Antuniassi, Ulisses Rocha

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A produção agrícola em grande escala se tornou pouco viável sem a utilização de produtos fitossanitários. Esses são responsáveis por controles preventivos e curativos das plantas cultivadas em relação a problemas causados por insetos-pragas, doenças e plantas daninhas, porém, deve-se evitar a contaminação ambiental, humana e do alimento por meio da deriva, que é a perda do produto fitossanitário aplicado para locais não desejados. Para que essa deriva seja evitada, busca-se adquirir um conhecimento do comportamento das gotas após as pulverizações, principalmente em aplicações aéreas, onde as condições climáticas são ainda mais determinantes. Neste contexto, o objetivo dessa pesquisa foi analisar, comparativamente, os métodos de coleta de dados para modelagem de deriva com coletores horizontais e verticais em pulverizações de gotas finas e médias, visando analisar as implicações da escolha de um dos métodos e correlacionar os dados obtidos em ambas as metodologias em aplicação aérea. Foram avaliados dois tratamentos com quatro repetições, com gotas finas (GF) e médias (GM) pulverizadas com uma aeronave Ipanema e ponta de pulverização CP-03, em que foi pulverizada uma calda contendo uma concentração de inseticida em mistura ao corante azul brilhante. A deriva foi avaliada fora da área aplicada, na direção do vento predominante, por meio de coletores horizontais (lâminas de vidro) e coletores verticais (fios de nylon) distribuídos até 500 metros em relação à área aplicada. Os dados do índice de deriva foram calculados por meio de espectrofotometria e as médias do índice de deriva foram agrupados e ajustados para uma curva (modelo) através das médias e correlacionados a partir do coeficiente de Pearson a 5% de probabilidade. Nos dois tipos de coletores avaliados o tratamento com gotas finas (GF) apresentou maior valor de deriva comparado ao tratamento com gotas médias (GM). Na coleta vertical, o tratamento GM propiciou índices de deriva 50,0% menores na comparação direta com o GF e na coleta horizontal o tratamento GM propiciou índices de deriva 56,8% menores na comparação direta com o GF. A partir do ponto a 380 metros até a distância de 500 metros da área aplicada foi observada uma inflexão, em que o índice de deriva capturado nos coletores horizontais passa a ser maior para o tratamento GM. Nas correlações para avaliar o comportamento dos diferentes coletores para os tratamentos testados foi possível observar que para ambos os coletores a correlação foi significativa e positiva somente para o tratamento GM. É conclusivo, para esse estudo, que para o tratamento GM os dois tipos de coletores estudados apresentam correlação significativa e positiva a variação do índice de deriva. As gotas finas permanecem na corrente de ar por maiores distâncias e os coletores horizontais são ineficientes na coleta dessas gotas em tal camada, sendo os coletores verticais o melhor método para a coleta da deriva em aplicação aérea, por não haver inflexão nos tratamentos analisados e por apresentarem uma boa eficiência na coleta dos tratamentos com gotas finas e médias.

Resumo (inglês)

Modern large-scale agricultural production is not possible without the use of pesticides. These products are responsible for the maintenance, prevention and protection of crops against problems caused by pests, diseases and weeds. Additionally, a great deal of care has been taken to avoid the environmental, human and food contamination from spray drift, which is defined as the loss of applied pesticide to undesirable locations. To achieve this goal, knowledge of the behavior of droplets after the spraying, especially in aerial application, is even more crucial given the greater effect of climatic conditions. Thus, the aim of this study was to comparatively analyze the methods of data collection for modeling spray drift in aerial application with horizontal and vertical collectors in order to analyze the implications of the choice of a method and correlate the data obtained in both methodologies. Two treatments with four repetitions, a Fine spray (GF) and a Medium spray (GM), were used. The treatments were made using an aircraft (Ipanema) equipped with CP nozzles, and sprayed insecticide + Brilliant Blue dye as the spray solution. The drift was evaluated downwind from the applied area, using horizontal collectors (glass slides) and vertical collectors (nylon strings) positioned at distances up to 500 meters downwind of the applied area. The data for the drift index were determined from the spectrophotometry method and averages of the drift index were grouped and adjusted to a curve (model) through the averages and correlated the data from the Pearson Coefficient at a 5% probability. Results showed that with both collector types higher drift values were observed with the Fine spray than the treatment with the Medium spray. Results from the vertical collectors showed that the treatment with the Medium spray had a drift index 50.0% lower than the treatment with the Fine spray. Results from the horizontal collectors showed that the treatment with the Medium spray had a drift index 56.8% lower than the treatment with the Fine spray. From the collector at 380 meters downwind until 500 meters downwind from the applied area resulted in an inversion, where the drift index collected from the horizontal collectors was larger with the Medium spray treatment than the Fine spray treatment. When the correlations were calculated, the results for both collector types showed a significant and positive correlation only to Medium spray. It is conclusive from this study that to Medium spray to both types of the collectors showed significant and positive correlation the variation of the drift index. The Fine spray remained suspended in the air for longer distances and the horizontal collectors were unable to collect them in these conditions. The vertical collectors were the best method to capture drifting droplets in aerial application, given the lack of inversion from the treatments and in part from the good collection efficiency with both the Medium and Fine spray treatments.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados