A influência da perda e da fragmentação do habitat sobre a ocupação e o padrão de atividade do tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla)

Imagem de Miniatura

Data

2017-06-09

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Com a expansão dos centros urbanos e das atividades agrícolas, as áreas do bioma Cerrado no estado de São Paulo vêm sendo transformadas em paisagens altamente fragmentadas constituídas em grande parte por fragmentos pequenos. A perda e a fragmentação do habitat tem sido um dos principais fatores responsáveis pelo declínio populacional e pela extinção local de espécies com baixa densidade populacional, baixa taxa de reprodução, alta demanda por espaço e especialista alimentar, como o tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla). É conhecido que algumas espécies de mamíferos modificam seus padrões de atividade frente às perturbações antrópicas e até em relação aos efeitos da perda de habitat. Diante disso, os objetivos deste estudo foram avaliar se a área e o isolamento do fragmento, a porcentagem de vegetação nativa e a disponibilidade hídrica da paisagem são importantes para explicar a ocupação dos fragmentos pelo tamanduá-bandeira, e verificar se há diferenças no padrão de atividade entre as populações de tamanduás que ocupam os fragmentos menores (< 2.015 ha) e a população que ocupa o fragmento maior (10.285 ha). Os dados de presença e ausência dos tamanduás-bandeira em cada um dos vinte fragmentos de vegetação nativa localizados no nordeste do estado de São Paulo foram coletados através de armadilhas fotográficas. A influência da temperatura e da pluviosidade na probabilidade de detecção dos tamanduás e a importância das variáveis de fragmento e de paisagem na probabilidade de ocupação dos fragmentos pela espécie foram avaliadas através de modelos de ocupação de estação única. O Critério de Informação de Akaike corrigido (AICc) foi utilizado para a seleção dos melhores modelos e o teste de Mardia Watson Wheeler foi usado para verificar possíveis diferenças no padrão de atividade entre as populações que ocupam os fragmentos menores e a população presente no fragmento maior. O padrão de atividade dos tamanduás não foi influenciado pela área do fragmento, no entanto, a probabilidade de ocupação dos fragmentos pela espécie foi maior nos fragmentos com áreas maiores e em fragmentos com maior porcentagem de vegetação nativa ao redor. Portanto, a conservação de fragmentos maiores e de fragmentos com maior porcentagem de vegetação nativa ao redor é de grande importância para a conservação de tamanduás-bandeira no nordeste do estado de São Paulo.
With the expansion of urban areas and agricultural activities, the Cerrado’s areas in São Paulo state have been transformed in highly fragmented landscapes consisting largely of small fragments. Habitat loss and fragmentation have been one of the main factors responsible for population decline and local extinction of species with low population density, low reproduction rate, high spatial demand and diet specialist, such as the giant anteater (Myrmecophaga tridactyla). It is known that some species of mammals modify their activity patterns in face of anthropic disturbances and even in relation to the habitat loss effects. On this, the aims of this study were to evaluate if the patch’s area and the isolation, the native vegetation percentage and water availability in the landscape are important to explain the patches occupancy by the giant anteater, and verify if there are differences in the activity pattern between the anteaters populations that inhabit the smaller patches (<2,015 ha) and the population that occupies the larger patch (10,285 ha). The presence and absence data of the giant anteaters in each one of the twenty patches of native vegetation located in the northeast of the São Paulo state were collected through camera traps. The temperature and rainfall influence on the detection probability of the anteaters and the importance of the patch and landscape variables on the occupancy probability of the patches by the species were evaluated through single-season occupancy models.The corrected Akaike Information Criterion (AICc) was used to select the best models and the Mardia Watson Wheeler test was used to verify possible differences in the activity pattern between the populations that inhabit the smaller patches and the population present in the larger patch. The activity pattern of the anteaters was not influenced by the patch’s area, however, the occupancy probability of the patches by the species was higher in the larger patches and in patches with higher native vegetation percentage around. Therefore, the conservation of larger patches and of the patches with higher native vegetation percentage around them is of great importance for the anteater conservation in the northeast of the São Paulo state.

Descrição

Palavras-chave

Área do fragmento, Fragmentação do habitat, Padrão de atividade, Perda de habitat, Tamanduá-bandeira, Patch’s area, Habitat fragmentation, Activity pattern, Habitat loss, Giant anteater

Como citar