Efeito dos solutos urêmicos sobre espécies reativas de oxigênio em sistemas-modelo in vitro

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-06-12

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Em pacientes com doença renal crônica é observado à presença de estresse oxidativo e a exacerbação desse estresse com o tratamento hemodialítico, bem como tem se postulado a ação antioxidante de alguns solutos urêmicos. Esse contexto instigou-nos explorar, a ação antioxidante dos solutos urêmicos: L-arginina, Ácido Úrico, Ácido Hipúrico, Creatinina, Fenol, Metilguanidina, p-Cresol, L-tirosina e Uréia, utilizando sistemas-modelo in vitro. Quatro desses solutos mostraram eficiência (expressa via o IC50 em µmol/L) para os sistemas-modelo: Capacidade de captura sobre o ABTS + , p-Cresol (3,99 ± 0,01), L-tirosina (5,23 ± 0,02), Fenol (12,98 ± 0,09) e o Ácido Úrico (16,75 ± 0,14); Capacidade de captura sobre o HOCl / OCl -, L-tirosina (2,83 ± 0,04), Ácido Úrico (5,75 ± 0,13), Fenol (8,95 ± 0,10) e p- Cresol (15,75 ± 0,12), e o bleaching da crocina (lipoperoxidação), Ácido Úrico (6,90), Fenol (1125,81) e p-Cresol (1162,31). Em relação à capacidade de captura sobre o Ânion Radical Superóxido e o Peróxido de Hidrogênio nenhum dos solutos apresentou atividade significativa. Em todos os ensaios onde não foi observada atividade antioxidante, investigou-se desde concentrações fisiológicas, urêmicas e até 10 vezes maior que as concentrações urêmicas médias. Como os solutos urêmicos, Ácido Úrico, p-Cresol, Fenol e L-tirosina capturaram significativamente as espécies reativas, ABTS + , HOCl / OCl - e ROO  , estudou-se o comportamento da mistura desses solutos, tendo como referência o IC50 de cada soluto. Obteve-se nos ensaios de captura do ABTS + e do HOCl / OCl - os IC50, como uma fração de concentração de 26 e 27%, respectivamente, para cada soluto na mistura, o que demonstrou um efeito aditivo...
Patients with chronic kidney disease suffer from oxidative stress and this stress is exacerbated by hemodialysis. It has been postulated that some uremic solutes have antioxidant effects. This context prompted us to explore the antioxidant action of the uremic solutes: L-arginine, uric acid, hippuric acid, creatinine, phenol, methylguanidine, p-cresol, L-tyrosine and urea, by means of 5 in vitro model systems. Only four of these solutes were effective antioxidants (assessed by their IC50 in µmol/L) in 3 model systems: ABTS + scavenging: p-cresol (3.99±0.01), L-tyrosine (5.23±0.02), phenol (12.98±0.09) and uric acid (16.75±0.14); hypochlorous acid scavenging: L-tyrosine (2.83±0.04), uric acid (5.75±0.13), phenol (8.95±0.10) and p-cresol (15.75±0.12); and crocin bleaching (lipoperoxidation): uric acid (6.90), phenol (1,125.81) and p-cresol (1,162.31). In tests with the superoxide radical anion and hydrogen peroxide, none of the solutes showed antioxidant activity. In each of the assays in which no activity was detected, tests were carried out over a range of solute concentrations, from normal physiological levels, through typical uremic up to ten times higher than mean uremic concentrations. As the 4 uremic solutes, uric acid, p-cresol, phenol and L-tyrosine showed significant scavenging activity for 3 reactive species, ABTS + , HOCl / OCl - and ROO  , the behavior of mixture of these solutes was investigated, with reference to the IC50 of each solute. In the ABTS + and HOCl / OCl - scavenging assays, the IC50 involved a concentration of 26% and 27%, respectively, of each solute in the mixture, demonstrating... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Rins - Doenças, Hemodialise, Stress oxidativo, Antioxidantes, Acido urico, Renal diseases, Hemodialysis, Oxidative stress, Antioxidants, Uric acid

Como citar

ASSIS, Renata Pires de. Efeito dos solutos urêmicos sobre espécies reativas de oxigênio em sistemas-modelo in vitro. 2012. 93 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2012.