A produção do lugar de sujeitxs com cegueira: um estudo em Presidente Prudente - SP

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-04-28

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A patologia cegueira se caracteriza por um campo visual de até dez graus, na qual abrange apenas a percepção da luz até sua total ausência. Ela pode ser classificada como congênita, desde o nascimento ou adquirida, resultante de algum acometimento durante a vida. Neste sentido, a perda da visão afeta diretamente a relação dos indivíduos com os lugares que habitam, sobretudo porque a visão não é um simples estímulo de luz, mas um processo seletivo e criativo em relação ao ambiente. Trata-se de um dos principais sentidos que nos fornecem significados, e perda incide diretamente em como se conhece e constrói a realidade, fazendo com que as pessoas com cegueira encontrem seu próprio modo de conceber o espaço geográfico. Esta dissertação tem por objetivo evidenciar estes aspectos seguindo um modelo próprio dos autores de interpretação da realidade, uma vez que aproxima a escrita científica da literatura romancista, o que contribui para que o trabalho ganhe uma dimensão sensível da realidade dos sujeitxs cegos. Assim, cada capítulo contém análises das diferentes dimensões que a vida está contida como: história e lugares (A vida no Espaço-tempo), suas tarefas rotineiras (A vida na cotidianidade), a exploração dos sentidos para compreender a cidade (A vida como complexidade) e os modos de sobrevivência em uma sociedade desigual (A vida como resistência). Para realização de todos esses âmbitos que compõem a pesquisa, nos aprofundamos nos estudos da pesquisa qualitativa utilizando diferentes procedimentos metodológicos, aliada também, a construção de figuras geoespaciais.
Blindness pathology is characterized by a visual field until to ten degrees, it covers only the perception of light until total absence. It can be classified as congenital, since birth or acquired, resulting from some impairment during life. In this sense, loss of vision affects directly the relationship of individuals with the places yours inhabit, especially because vision is not a simple stimulus of light, but a selective and creative process in relation to the environment. It is one of the meanings that provide us with meanings, and loss directly affects how we know and build reality. This people with blindness find their own way of conceiving geographical space. This dissertation aims to highlight these aspects following a model specific to the authors of the interpretation of reality, it brings a scientific writing closer to romantic literature, which contributes for the work to gain a sensitive dimension of the reality of blind subjects. Thus, each chapter contains analyzes of the different dimensions that life is contained in: history and places (Life in Space-time), the routine (Life in everyday life), the exploration of the senses to understand the city (Life as complexity) and the ways of survival in an unequal society (Life as resistance). In order to carry out all of these areas that make up the research, we delved into the studies of qualitative research using different methodological procedures, combined with the construction of spatial figures.

Descrição

Palavras-chave

Sujeitxs com cegueira, Lugar, Vida, Pesquisa qualitativa, Blindness people, Place, Life, Qualitative research

Como citar