Mulheres negras adolescentes no ensino médio: discriminação e desafio

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2005-07-25

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O trabalho aqui apresentado se insere em um campo de preocupações que giram em torno da relação estabelecida entre mulher negra adolescente e discriminação. Com ele, e a partir de entrevistas fechadas com estudantes secundárias, procuramos verificar se os projetos de vida e as perspectivas das mulheres negras estarão marcados por alguma experiência de estereotipagem, que absorvem o feminino e a raça como verdadeiros estigmas. Em um plano mais geral, a questão é saber se as condições de vida adversas no campo social- o que inclui as discriminações e os efeitos do machismo- marcam as mulheres negras adolescentes a ponto de negarem um futuro para elas. Mais especificamente, trata-se de saber se o estereótipo, enquanto mecanismo de violência simbólica, acaba por determinar subjetivamente o seu lugar social e o seu projeto de vida enquanto membro de uma sociedade marcada pelo racismo. É nossa hipótese que a questão racial e a questão de gênero, em algumas de suas variantes, ainda permanecem como referência- problema para o contigente de mulheres negras adolescente que pensam sobre suas vidas para além do ensino médio.
The present work inserts it self in a field of concerns that turn around the relation established between black adolescent woman and discriminations. What bases this work is to verify if the projects of life and the perspectives of these black adolescent women, will be marked by some experience of estereotipagem that absorb the feminine and the race as true stigmata. This fact finishes for determining its social place and its future while member of a definite society as racist. This process is understood in this work as violence. Specifically, the question is to know if, those that had obtained to survive the more general conditions of life, economic situation, discriminations, male chauvunist, etc, and the spite of all the problems of the public schools, the black adolescent women that enter and conclude the high schooI, have its projects of life marked by experiences of life contaminated by having suffered with situations from racial violence It´s our expectation to see proven that the racial question in some of its variants, still remains as reference problem for the contingent of black adolescent women that thinks on its lives for beyond the high schooI.

Descrição

Palavras-chave

Negras, Adolescentes negros, Violencia, Discriminação racial, Adolescent woman, Black adolescent woman, Violence

Como citar

SILVA, Maria Aparecida. Mulheres negras adolescentes no ensino médio: discriminação e desafio. 2005. 116 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2005.