Viabilidade da nabiça (Raphanus raphanistrum L.) como planta de cobertura para a cultura do milho em diferentes sistemas de manejo do solo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008-05-20

Orientador

Benez, Sérgio Hugo

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O presente trabalho teve como objetivo comparar dois tipos de cobertura vegetal de inverno, através de três sistemas de manejo do solo, avaliando seus efeitos no crescimento e desenvolvimento da cultura de milho. Os experimentos foram instalados e conduzidos na Fazenda Experimental Lageado, da Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP, Campus de Botucatu, no período compreendido entre fevereiro de 2005 e maio de 2006, em NITOSSOLO VERMELHO Distroférrico, cultivado há nove anos com os mesmos sistemas de manejo do solo. Os experimentos foram constituídos de seis tratamentos com quatro repetições utilizando o delineamento experimental de blocos ao acaso com parcelas subdivididas. As parcelas foram constituídas por três sistemas de manejo do solo (preparo convencional, constituído por uma gradagem pesada e duas gradagens leves; cultivo mínimo, escarificador equipado com disco de corte e rolo destorroador, trabalhando na profundidade entre 25 e 30 cm e plantio direto, com dessecação da vegetação de cobertura por meio de aplicação de herbicida) e as subparcelas foram compostas por duas culturas de inverno (nabo forrageiro, Raphanus sativus L. e nabiça, Raphanus raphanistrum L.), que conseqüentemente formaram os dois tipos de coberturas vegetais, sobre as quais foram realizados os sistemas de manejo do solo para a implantação da cultura de milho. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância com teste de Tukey a 5% de probabilidade para comparar as médias. As análises estatísticas demonstraram que o sistema de plantio direto apresentou maior densidade e resistência mecânica do solo à penetração, quando comparado ao preparo convencional e ao cultivo mínimo. O cultivo mínimo apresentou maiores valores de profundidade de trabalho, área de solo mobilizada e capacidade de campo efetiva e menores valores de tempo efetivo demandado, uso específico...

Resumo (inglês)

This paper aims to compare two types of winter vegetal covering, through three soil tillage systems, evaluating their effects in growth and development of corn crop. Experiments were installed and carried out at Lageado Experimental Farm at Agricultural Science University of UNESP, Botucatu Campus, from february 2005 to may 2006, in Distroferic Red Nitosoil, which has been cultivated for nine years under the same soil tillage systems. Experiments were carried out in six treatments with four repetitions, using randomized experimental blocks with subdivided parts. Parts were made up by three soil tillage systems (conventional tillage, made up by one heavy harrow and two leveling harrow; minimum tillage, with chisel plow with cut disk and roll, working at 25 to 30 cm deep and notillage, with herbicide drying coverage vegetation) and subparts were made up by two winter crops (Raphanus sativus L. and Raphanus raphanistrum L.) which made up the two vegetal coverings over which the soil tillage systems were carried out for corn cropping. Obtained data were analyzed by Turkey variance test at 5% of probability for comparing averages. Statistical analysis showed that no-tillage system had higher density as well as mechanical soil resistance to penetration, when compared to conventional and minimum tillages. Minimum tillage system showed higher values of work deepness, mobilized soil area as well as effective field capacity and lower values of demanded real time, specific energy use and fuel consumption. For Raphanus sativus L. and Raphanus raphanistrum L., sowing it was observed that no-tillage system showed lower traction force, steering bar power, demanded real time, specific energy use and fuel consumption. Raphanus raphanistrum L. showed higher length, volume and root dry matter compared to Raphanus sativus L., meantime not observed statistical differences between both. Raphanus raphanistrum...(Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

PIFFER, Cassio Roberto. Viabilidade da nabiça (Raphanus raphanistrum L.) como planta de cobertura para a cultura do milho em diferentes sistemas de manejo do solo. 2008. xvi, 174 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2008.

Itens relacionados

Financiadores