Estudo do comportamento populacional do processo de transmissão da COVID-19 considerando diferentes taxas de vacinação

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-02-28

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Desde seu surgimento em dezembro de 2019, o vírus causador da COVID-19 tem alarmado a sociedade sendo, de interesse geral conter sua proliferação , devido questões de saúde e socioeconomias. O vírus SARS-CoV-2 tem uma alta capacidade de contaminação, que ocorre a partir do contato de gotículas de saliva expelidas por indivíduos infectados e a mucosa de indivíduos saudáveis. Há diversas estratégias para conter a disseminação do vírus, como distanciamento social, higienização das mãos, uso de máscaras, entre outros, mas o principal meio de controlar o espalhamento da COVID-19 é a vacinação. Neste contexto, o objetivo do presente trabalho consiste no estudo de um modelo matemático aplicado à dinâmica de propagação da COVID-19 composto por cinco equações diferenciais ordinárias, considerando diferentes taxas de vacinação e diferentes datas iniciais de vacinação. Além disso, é realizado um estudo para analisar como as datas de início e as diferentes taxas de vacinação alteram a dinâmica do modelo estudado em diferentes cenários populacionais, o município de Botucatu, o estado de São Paulo e Brasil. As simulações foram realizadas utilizando métodos numéricos implementados na linguagem de programação C++.

Descrição

Palavras-chave

Modelagem matemática, Controle de doença, SARS-Cov-2

Como citar