Diretrizes de funcionamento para repositórios: caminhos para os institutos federais de educação, ciência e tecnologia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-05-21

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia possuem valiosas riquezas centradas no capital intelectual de sua comunidade acadêmica, que são explicitadas por meio de suas produções intelectuais. Estas produções, por sua vez, precisam estar disponíveis à sociedade; para tanto, uma alternativa são os repositórios institucionais. Logo, o problema deste estudo refere-se à busca de respostas para a seguinte pergunta: quais diretrizes de funcionamento podem orientar o desenvolvimento de um repositório institucional (RI) no IFSP? Para tanto, objetiva também identificar quais diretrizes de funcionamento podem ser adotadas na criação de um RI para o IFSP. E, ainda, especificamente: a) apresentar como ocorreu o processo de implementação das diretrizes de funcionamento dos RIs nas universidades; b) relacionar diretrizes e práticas (observadas a partir das diretrizes de funcionamento dos RIs pesquisados) com o modo de produção da literatura científica no IFSP; c) apresentar as percepções dos gestores de RI sobre a necessidade de participação do Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBI) na fase de planejamento para a criação de RI; d) identificar e apresentar as percepções dos gestores de RIs nas universidades federais em relação ao papel do SIBI. A metodologia adotada, do ponto de vista de sua natureza, é descritiva, por ter como propósito descrever os fenômenos relacionados com o objeto de estudo que trata das diretrizes de funcionamento dos RIs das universidades federais brasileiras, tendo cunho quantitativo e qualitativo. A pesquisa tem como universo as universidades públicas federais brasileiras, cujo intuito é verificar as diretrizes de funcionamento de seus RIs, quando elas o possuírem. Para o desenvolvimento deste estudo, as coletas de dados foram realizadas por meio de pesquisa bibliográfica sobre os principais temas que envolvem o seu objeto de estudo, bem como de temas que se relacionam diretamente com ela. O documental buscou as diretrizes de funcionamento publicadas em RIs das seguintes universidades: Universidade Federal do Paraná (UFPR); Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Após a pesquisa bibliográfica e documental, foram utilizadas outras duas técnicas de interrogação. A primeira foi o questionário, construído em meio eletrônico e enviado a 38 universidades federais. A segunda foi a técnica de entrevistas, as quais se configuram como recurso central no que se refere à dimensão de campo deste trabalho. Dentre os resultados a que se chegou, pode-se destacar que, para a implantação de um repositório institucional, é necessário a constituição de Sistemas Integrados de Bibliotecas nas Instituições que ainda não os possui; que as diretrizes de funcionamento já existentes das universidades federais podem ser utilizadas como modelos para os Institutos Federais, mesmo que ambas possuam formas de comunicação e produção da ciência díspares. De forma geral, a pesquisa aponta os processos pelos quais as universidades participantes da pesquisa trilharam até a implantação de seus repositórios, perpassando por indicações de custos, composição de equipes de trabalho, formas de depósito, dentre outros.
The Federal Institutes of Education, Science, and Technology have valuable wealth centered on the intellectual capital of their academic community, which are made explicit through their intellectual productions. These productions, in turn, need to be available to society; for that, an alternative is the institutional repositories. Therefore, the problem of this study refers to the search for answers to the following question: what operating guidelines can guide the development of an institutional repository (IR) in the IFSP? In order to do so, it also aims to identify which operating guidelines can be adopted in the creation of an IR for the IFSP. Also, specifically: a) present how the process of implementing the guidelines for the operation of IRs in universities occurred; b) to relate guidelines and practices (observed from the operating guidelines of the IRs surveyed) to the way the scientific literature is produced in the IFSP; c) present the perceptions of IR managers about the need for participation of the Integrated Library System (SIBI) in the planning phase for the creation of IR; d) identify and present the perceptions of IR managers in federal universities regarding the role of SIBI. The methodology adopted, from the point of view of its nature, is descriptive, since its purpose is to describe the phenomena related to the object of study that deals with the guidelines for the operation of IRs of Brazilian federal universities, having a quantitative and qualitative character. The research has as a universe the Brazilian federal public universities, whose purpose is to verify the operating guidelines of its IRs, when they have it. For the development of this study, data collection was carried out through a bibliographical research about the main themes that involve its object of study, as well as of themes that are directly related to it. The documentary sought the operating guidelines published in IRs of the following universities: Federal University of Paraná (UFPR); Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) and Federal University of Rio de Janeiro (UFRJ). After the bibliographic and documentary research, two other interrogation techniques were used. The first was the questionnaire, built in electronic form and sent to 38 federal universities. The second one was the technique of interviews, which are configured as a central resource with regard to the field dimension of this work. Among the results, it can be highlighted that, for the implementation of an institutional repository, it is necessary to create Integrated Library Systems in Institutions that do not yet have them; that the existing guidelines of functioning of federal universities can be used as models for the Federal Institutes, even though both may have disparate forms of communication and production of science. In general, the research points out the processes through which the universities participating in the research have gone through the implementation of their repositories, through cost indications, composition of work teams, forms of deposit, among others.

Descrição

Palavras-chave

Repositório institucional, Diretrizes de funcionamento, Institutos federais de educação, ciência e tecnologia, Acesso aberto, Institutional repository, Operating guidelines, Federal institutes of education, science and technology, Open access

Como citar