Ocorrência de Listeria monocytogenes em frangos alternativos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-11-10

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O Brasil é um dos principais países produtores/exportadores e consumidores de carne de frango no mundo. A maioria das aves é criada tradicionalmente, porém uma parte já é produzida pelo método alternativo que preconiza o bem- estar das aves sem o uso de antibióticos, coccidiostásticos, promotores de crescimento e ração de origem animal. No entanto, devido à ausência de inibidores exógenos, bactérias patogênicas podem se disseminar sem restrição na granja, sendo levadas ao abatedouro, contaminando não só o ambiente de abate, mas também o produto destinado ao consumidor final. Uma destas bactérias, Listeria monocytogenes é um microrganismo ubíquo que provoca a listeriose, doença zoonótica grave que leva a aborto/natimortos, neuropatias, gastroenterites, principalmente em crianças e idosos. É portanto, de fundamental importância que conheçamos a prevalência desta bactéria da recepção das aves no abatedouro até o acondicionamento do produto final, para que possamos orientar com precisão os principais focos de contaminação. Assim, foram colhidas 230 amostras sendo estas, obtidas em ambientes, equipamentos, utensílios e em carcaças de frango em diferentes etapas de abate e processamento de frangos alternativos. As amostras foram analisadas pela técnica convencional de isolamento de L. monocytogenes e posterior confirmação por técnica molecular. De um total de 230 amostras analisadas, 12 foram confirmadas como L. monocytogenes, representando 5,21% do total de amostras colhidas em diferentes pontos do fluxograma de abate. Assim, do total de amostras positivas (12), apenas duas (3,33%) destas foram identificadas no produto final (cortes embalados).
Brazil is one of the major producers/exporters and consumers of chicken meat in the world. Chicken production has been mainly based on confinement systems, although many animals have been raised in alternative systems, which focuses animal welfare, antibiotic-free animal production, with no coccidiostatic drugs or growth promoters or food of animal origin. However the absence of exogenous inhibitors could potentially spread pathogenic bacteria to the farm and then to the slaughterhouse, contaminating not only the environment of slaughter, but also the final product. One of these bacteria, Listeria monocytogenes, is an ubiquitous pathogen which causes listeriosis, a severe zoonotic disease that leads to abortion/ stillbirth, neuropathy, gastroenteritis, mainly in children and elderly people.Therefore, the identification of sources of this bacterium in poultry slaughterhouses and in the final product is very important. A total of 230 samples were collected from the slaughterhouse environment, equipment, utensils and carcasses in different stages of slaughtering and chicken processing. Samples were analyzed using the conventional technique for isolation of L. monocytogenes. Confirmation was achieved using molecular technique. Only 12 out of 230 samples were positive for L. monocytogenes which represent 5.21% of the samples from this slaughterhouse. Only two samples (3.33%) from the final product were positive for this pathogen.

Descrição

Palavras-chave

Aves, Alimentos - Microbiologia, Frangos de corte, Listeria monocytogenes, Aves alternativas, Alternative system, Listeria monocytogenes, Poultry slaughtering, food microbiology

Como citar

SIGARINI, Cleise de Oliveira. Ocorrência de Listeria monocytogenes em frangos alternativos. 2009. xi, 62 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu, 2009.