Parâmetros quali-quantitativos na seleção de receptoras em programas de transferência de embriões ovinos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-12-18

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Objetivou-se avaliar parâmetros quali-quantitativos relacionados à receptora e ao embrião inovulado e a relação destes com as taxas de sobrevivência embrionária ovina. Os parâmetros utilizados foram idade, peso, índice de massa corpórea, escore de condição corporal, número de corpos lúteos no momento da inovulação, aspecto dos corpos lúteos, concentração de progesterona plasmática, intervalo entre o fim do tratamento hormonal e início dos sinais de estro e a duração do estro das receptoras. Os embriões foram avaliados quanto ao estadio de desenvolvimento, qualidade, número de embriões inovulados e estado, congelado ou fresco. Foram utilizados 90 embriões das raças Santa Inês e Dorper, inovulados em receptoras sincronizadas com esponja impregnada com 60 mg acetato de medroxiprogesterona por 14 dias, somado à administração 400 UI de gonadotrofina coriônica equina (eCG) no momento da retirada da esponja. Receptoras com maior índice de condição corporal e maior concentração de progesterona plasmática apresentaram melhor taxa de sobrevivência embrionária e entre esses dois fatores há uma correlação positiva. As demais variáveis relacionadas às receptoras não influenciaram de maneira significativa a taxa de sobrevivência embrionária. O estadio de desenvolvimento embrionário exerceu influência sobre a taxa de sobrevivência embrionária, a taxa de prenhez das receptoras não diferiu em relação à qualidade dos embriões (graus 1 e 2) e aqueles transferidos à fresco resultaram em taxas de sobrevivência superiores quando comparados aos transferidos após serem congelados-descongelados
The objective was to evaluate qualitative and quantitative parameters related to recipient and ovulated embryo and their relationship with the rates of embryo survival. The parameters used were: age, weight, body mass index, body condition score, number of corpus luteum at the time of embryo transfer, an aspect of corpus luteum, plasma progesterone concentration, interval between the end of the treatment and early signs of estrus and estrus length of the recipient. The embryos were evaluated for stage of development, quality, number of embryos ovulated and state, frozen or fresh. Were used 90 embryos of Santa Inês and Dorper, ovulated on recipeint synchronized with sponge impregnated with 60 mg medroxyprogesterone acetate for 14 days, added to an administration of 400 IU of equine chorionic gonadotropin (eCG) at the time of sponge removal. Recipient with higher level of body condition score and higher plasma progesterone concentration showed better embryo survival rate and between these two factors is a positive correlation. The other variables related to the recipient did not influence significantly the embryo survival rate. The stage of embryonic development influence upon the embryo survival rate, however, embryos of grades 1 and 2 did not differ in these rates. The fresh embryos had higher survival rates when compared to frozen-thawed embryos

Descrição

Palavras-chave

Ovino - Reprodução, Tranferência de embriões, Ewe, Recipients

Como citar

OLIVEIRA, Thiago Matos de. Parâmetros quali-quantitativos na seleção de receptoras em programas de transferência de embriões ovinos. 2009. 62 f. Dissertacao (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2009.