Reimplante dentário após o preenchimento do canal com pasta de β-glicerofosfato de cálcio ou pasta de hidróxido de cálcio + MTA estudo histomorfométrico em ratos

Imagem de Miniatura

Data

2013-07-06

Autores

Silva, Pedro Ivo Santos [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Thooth avulsion mainly affects young patients who have incomplete root formation, with frequent necrotic pulp and apexification impaired. The large foramen hinders the insertion of dressings delay. The use of a long time fill to facilitate control of formation and resorption of mineralized tissue barrier permitting the apical seal. Calcium hydroxide and MTA has been the most widely used material for this purpose. The objective of this work is to study the repair process of rat incisors with dental elements reimplanted late after root canal filling with paste β-glycerophosphate calcium or calcium hydroxide paste. Were used 30 male rats were divided into 3 groups of 10 animals. All the teeth were extracted and kept in dry for 60 minutes. In Group I, the root canals were filled with saline. Group II used the paste of calcium hydroxide and finished with a MTA plug and Group III were used β-glycerophosphate calcium paste. The teeth were reimplanted and euthanasia was performed 60 days later for histomorfometric analyse with HE(Hematoxiciline-Eosine). Results showed that the groups I and III were more impaired by inflammatory root resorption than group II. Group II had less involvement by total reabsorption of the group II (p <0,05). In groups I and III, the periapical region showed the greatest extent of fibrous connective tissue with inflammatory infiltrate. It is concluded that β-glycerophosphate calcium were less effective than calcium hydroxide in the control of root resorption and repair of the periapical area of mineralized tissue.
A avulsão dentária acomete principalmente pacientes jovens e que possuem dentes com rizogênese incompleta, sendo frequente a necrose pulpar e a apicificação que é prejudicada. O amplo forame dificulta a inserção de curativos de demora. Assim é importante o uso de um curativo de demora a favorecer o controle da reabsorção radicular e a formação de uma barreira de tecido mineralizado permitindo o selamento apical. O hidróxido de cálcio tem sido o material mais utilizado para esse fim. O objetivo deste trabalho foi estudar o processo de reparo de incisivos de ratos com elementos dentais reimplantados tardiamente após a obturação do canal radicular com pasta de β-glicerofosfato de cálcio ou pasta de hidróxido de cálcio. Foram empregados 30 ratos machos divididos em 3 grupos de 10 animais. Os elementos dentais foram extraídos e mantidos em meio seco por 60 minutos. Após esse período os elementos dentais sofreram um preparo especifico descrito a seguir. No Grupo I os dentes foram preenchidos com soro fisiológico. No Grupo II, utilizou-se a pasta de hidróxido de cálcio no interior do conduto e plug apical de cimento MTA. E, no grupo III utilizou-se a pasta de β-glicerofosfato de cálcio. Os dentes foram reimplantados e a eutanásia dos animais foi realizada 60 dias após para a avaliação histomorfométrica em H.E (Hematoxicilina-Eosina). Os resultados demonstraram que os grupos I e III foram mais comprometidos pela reabsorção radicular inflamatória do que o grupo II. O grupo II apresentou menor comprometimento pela reabsorção total do que o grupo II (p<0,05). Nos grupos I e III a região periapical apresentou a maior extensão de tecido conjuntivo fibroso com a presença de infiltrado inflamatório. Conclui-se que o β-glicerofosfato de cálcio não foi mais eficiente do que o hidróxido de cálcio no controle da reabsorção radicular e no reparo da região periapical por tecido mineralizado.

Descrição

Palavras-chave

Reimplante dentário, Glicerofosfatos, Hidroxido de calcio, Reabsorção de dente, Tooth Replantation

Como citar

SILVA, Pedro Ivo Santos. Reimplante dentário após o preenchimento do canal com pasta de β-glicerofosfato de cálcio ou pasta de hidróxido de cálcio + MTA estudo histomorfométrico em ratos. 2013. 89 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2013.