Interferência de pontas e volumes de pulverização na deposição da calda em duas cultivares de soja

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-10-23

Orientador

Martins, Dagoberto

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Com o objetivo de quantificar os depósitos da calda de pulverização através de diferentes pontas e volumes de pulverização nos estádios V3 (3 folhas verdadeiras) e R1 (inicio da floração) de soja, foram conduzidos dois experimentos na área didática do Departamento de Produção Vegetal, pertencente à Faculdade de Ciências Agronômicas UNESP- Botucatu/SP. Cada experimento constitui-se nas cultivares CD 208 e CD 216 (crescimento determinado e indeterminado respectivamente) Os tratamentos avaliados foram: pontas de jato plano (AI 110015 a 150 L ha-1, AI 11002 a 200 e 250 L ha-1); pontas de jato plano duplo (TJ 60 11002 a 150, 200 e 250 L ha -1); pontas de jato cônico (TX-6 a 150, TX-8 a 200 e TX-10 a 250 L ha-1) e pontas de jato plano duplo e baixa deriva (DGTJ 110015 a 150 e DGTJ 11002 a 200 L ha-1), estas últimas avaliadas somente no estádio de R1. O delineamento utilizado foi de blocos ao acaso com quatro repetições. As aplicações foram realizadas com um pulverizador costal pressurizado a CO2, munido de barra com quatro pontas distanciadas de 0,5 m entre si, no momento em que cada cultivar alcançou os estádios V3 e R1. Para a avaliação da deposição foi utilizado na pulverização como traçador o corante Azul Brilhante 2 FD&C-1 (500 mg.L-1). De cada repetição foram coletadas 25 plantas, às quais foram adicionadas 100 ou 200 mL de água destilada para a extração do traçador , nos estádios V3 e R1, respectivamente. A determinação dos depósitos foi realizada por espectrofotometria e a leitura de absorbância no comprimento de onda de 630 nm. Os dados foram transformados em valores de depósitos por grama de massa seca e ajustados às curvas de regressão pelo modelo de Gompertz. O cálculo da moda foi realizado para determinar os valores de depósitos de máxima freqüência. Os resultados indicaram que a deposição...

Resumo (inglês)

This study aimed to quantify spraying deposits in two soybean cultivars (208 CD and CD 216) at V3 stage (3 true leaves) and R1 stage (beginning of the budding) through different nozzles and volumes of spraying. For this purpose, two experiments, one with each cultivar, were conducted in the didactic area of the Agricultural Department, Agricultural College UNESP- Botucatu/SP consisting in eleven treatments: flatfan ( AI 110015 at 100 L ha-1, AI 11002 at 150 and 200 L ha-1); twin flat-fan nozzle (TJ 60 11002 at 150, 200 and 250 L ha -1); conical nozzle (TX-6 at 150, TX-8 at 200 and TX-10 at 250 L ha-1) and twin flat-fan and low drift nozzle (DGTJ 110015 at 150 and DGTJ 11002 at 200 L ha-1), these last ones only in the growth stadium of R1. The experimental design was randomized block, with four replicates. A CO2 - pressurized sprayer with a 0,5 m distance between nozzles was used. Deposition was evaluated by using 500 mg.L-1 of Brilliant Blue dye FD&C-1 in the spraying . At V3 and R1 grown stages, 25 plants were collected in each replication respectively, and by adding 100 and 200 mL of distilled water then courante was extracted. Deposited content was determined by spectrophotometry reading the absorbance at 4 630 nm wave length and data transformed into deposits per gram of dry matter. Gompertz model was used to adjust regression curves and ANOVA to determine deposits values of maximum frequency. Results indicated that deposition was superior at V3 stage for both cultivars being 2 and 3,5 superior than deposition at R1 for CD 208 and CD 216, respectively. In cultivar CD 208 at V3 stage, deposition was superior in treatments with the highest volume of 250 L.ha-1 independently the nozzle used and with the TX 8 nozzle using 200 L.ha-1 The higher variation between the unitary deposits was observed for the TJ nozzles with 150 and 200 L.ha-1 . At R1, all treatments except... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

FARINHA, Juana Teresa Villalba. Interferência de pontas e volumes de pulverização na deposição da calda em duas cultivares de soja. 2007. v, 72 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2007.

Itens relacionados