Evolução da expansão da agricultura irrigada por pivô central e da evapotranspiração incremental no Noroeste Paulista

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-02-17

Autores

Oliveira, Daniela Araujo de

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A irrigação vem sendo desenvolvida há séculos pela humanidade e atualmente mais da metade da produção de alimentos provém de áreas irrigadas. Além da garantia de produtividade das culturas, a irrigação traz desenvolvimento socioeconômico para a região onde é instalada, sendo assim é necessário o aumento das áreas irrigadas aliado à boa gestão dos recursos hídricos para a garantia dos usos múltiplos da água. A estimativa da evapotranspiração de determinada região contribui para um melhor conhecimento do ciclo hidrológico e uma melhor capacidade de quantificar mudanças futuras na gestão dos recursos hídricos. Este trabalho objetivou-se em apresentar a evolução das áreas irrigadas por pivô central na região Noroeste Paulista entre 2000 e 2018 e ainda, estimar a evapotranspiração atual em larga escala na região, comparando os anos 2010, 2017 e 2018, utilizando técnicas de sensoriamento remoto. Observou-se a implantação de 241 equipamentos tipo pivô central irrigando 10.473 hectares do ano 2000 a 2018, acumulando uma área irrigada de 17.135 hectares com 320 sistemas. A evapotranspiração atual se diferiu no espaço e no tempo na região, tendo valores que variaram entre 0,5 e 2,5 mm dia-1, sendo as maiores taxas registradas nas áreas irrigadas e as maiores médias foram obtidas no período de chuvas da região em todos os anos estudados, tendo uma evapotranspiração incremental de 0,2 mm dia-1 entre 2010 e 2018.
Irrigation is being developed for centuries by man kind and currently more than half of food production come from irrigated areas. Besides the guaranty of crop productivity, irrigation brings social-economic development for the regions where it is being installed, thus it’s necessary the expansion of irrigated areas associated to a good management of hydric resources for the guaranty of multiple uses of water. The evapotranspiration estimation of a certain region contributes to a better knowledge of the hydrological cycle and a better capacity to quantify future changes in the management of hydric resources. This work aimed in showing the evolution of irrigated areas by central pivot in the Paulista Northwest region between 2000 and 2018 and yet, estimate the current evapotranspiration in large scale in the region, comparing it to the years 2010, 2017 and 2018, using remote censoring techniques. It was observed the implementation of 241 equipments of central pivot kind irrigating 10,473 hectares from 2000 to 2018, accumulating an irrigated area of 17,135 hectares with 320 systems. The current evapotranspiration differed in space and in time in the region, showing values that vary from 0.5 and 2.5 mm day-1 , being the highest rates recorded in the irrigated areas and the higher rates were obtained in the rainy season of the region in all studied years, having an incremental evapotranspiration of 0.2 mm day-1 between 2010 and 2018.

Descrição

Palavras-chave

Sensoriamento remoto, recursos hídricos, SAFER, Remote sensing, Water resources

Como citar