Expressividade e emoções na primeira infância: um estudo sobre a interação criança-criança na perspectiva walloniana

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008-09-26

Orientador

Garms, Gilza Maria Zauhy

Coorientador

Pós-graduação

Educação - FCT

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O presente texto apresenta os resultados da investigação acerca das manifestações afetivo/emocionais de crianças durante a primeira infância em contextos coletivos, mais especificamente no ambiente da educação infantil. Vinculada à linha de pesquisa “Práticas educativas na formação de professores”, adotou-se como objeto as manifestações afetivo-emocionais nas interações criança-criança que se estabelecem no contexto educativo. Estudos recentes, com destaque para aqueles orientados pela teoria walloniana, revelam que a criança, em seu processo de desenvolvimento, é orientada para o outro, forma vínculos afetivos, compartilha e constrói significados objetivos e subjetivos na interação não apenas com parceiros adultos, mas também com seus pares. Assim, apoiando-se na teoria psicogenética de Wallon, buscou-se examinar as interações das crianças com seus coetâneos, adotando os seguintes objetivos específicos: apreender os tipos de manifestações afetivo-emocionais individuais que ocorrem no contexto educativo; examinar os recursos expressivos utilizados pelas crianças nas interações com seus pares; apontar e refletir sobre possíveis direções que propiciem um ambiente produtivo e satisfatório para o desenvolvimento da criança. Para tanto, o estudo, com nuances etnográficas, teve como participantes crianças que se encontram na faixa etária entre o primeiro e o terceiro ano de vida, de um agrupamento de berçário II de uma instituição de educação infantil no município de Presidente Prudente, onde foram realizadas observações assistemáticas entre os meses de fevereiro e junho do ano de 2008...

Resumo (inglês)

The text presents the results of an investigation about toddlers’ affective/emotional manifestations in collective contexts, more specifically into the children education environment. Linked to the research area “Educative practices into teacher formation”, the affective-emotional manifestations considering the interactions childto- child in the educative context were adopted as object. Recent studies, especially those related to the wallonian theory, reveal that the child in his or her growing process is oriented to the other, makes affective connections, shares and builds objective and affective meanings in the interactions, not only with adults, but also with their partners. Thus, supported by the wallonian psychogenetic theory, the children interactions were examined, with the following specific goals: get the types of individual affective-emotional manifestations which occur in the educative context; examine the expressive resources used by the children when interacting with their partners; point out and think about the possible directions to promote a productive and satisfactory environment to the child’s development. In order to do this, the research, with ethnographic nuancing, considered as participants children between the ages of one to three years old, in a nursery 2 group of a children education institution of Presidente Prudente municipality, where unsystematic observations were made from February to June 2008... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

RODRIGUES, Sílvia Adriana. Expressividade e emoções na primeira infância: um estudo sobre a interação criança-criança na perspectiva walloniana. 2008. 110 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2008.

Itens relacionados

Financiadores