Efeito da inflamação do tornozelo sobre as características histológicas, a expressão gênica e níveis da creatina cinase nos músculos sóleo e tibial anterior de ratos diabéticos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-08-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O Diabetes mellitus é um dos mais importantes problemas de saúde pública, ocasionando complicações crônicas como a atrofia muscular e perda da qualidade de vida do paciente. Quando ocorre uma lesão articular, o músculo responde com um processo de atrofia onde é gerada uma modificação no tecido muscular funcionalmente relacionado com essa articulação. Contudo, estudos experimentais que contribuam ao esclarecimento da relação entre inflamação articular e as modificações histológicas e da expressão gênica do músculo de animais diabéticos não têm sido desenvolvidos. Outro parâmetro importante que deve ser estudado é a atividade da enzima creatina cinase (CK) uma vez que sua atividade pode ser alterada em função de várias causas como na injúria, distrofia, inflamação ou necrose da musculatura esquelética ou cardíaca. O presente projeto teve por objetivo estudar o efeito da inflamação aguda do tornozelo sobre os músculos Sóleo (SO) e Tibial Anterior (TA), investigando a presença de alterações histológicas, alterações na expressão gênica dos atrogenes atrogina-1e MuRF-1 e na atividade da creatina cinase em músculos de ratos não-diabéticos e diabéticos com e sem tratamento insulínico. Foram estudados 54 ratos Wistar (150g). A indução do diabetes foi por via intrapenitoneal com 50mg de estreptozotocina (STZ) por Kg de peso corporal, dissolvida em tampão citrato pH 4,5. Para a inflamação a articulação do tornozelo foi mantida em 90° localizando a fossa distal e posterior ao maléolo lateral, introduzindo nesta zona uma agulha de diâmetro 26 com 0.03ml carragenina a 3%. Os grupos de animais diabéticos com terapia insulínica foram tratados duas vezes ao dia (as 8h e 17h) com 2,5 U de insulina NPH durante 13 dias, totalizando 5U/dia A insulina foi administrada por via subcutânea...
Diabetes mellitus is one of the most serious public health problems, which diminishes the quality of life of the patient and leads to many chronic complications, one of which is muscle atrophy. When a joint is injured, the muscle responds with a process of atrophy in which a change occurs in the muscle tissue functionally related to the joint. However, no experimental studies have been carried out to clarify the relationship between joint inflammation and changes in the histology and gene expression of muscles in diabetic animals. Another important variable that should be studied is the activity of the enzyme creatine kinase (CK), since it can be altered under various conditions, such as injury, muscular dystrophy, inflammation or necrosis of skeletal or heart muscle. The aim of this project was to study the effect of acute inflammation of the ankle on the soleus (SO) and tibialis anterior (TA) muscles, by noting the histological changes, changes in the expression of the atrophy-related genes (atrogenes) atrogin-1 and MuRF-1 and activity of CK in muscles of non-diabetic and diabetic rats, treated and untreated with insulin. We studied 54 Wistar rats (150g). Diabetes was induced by intraperitoneal injection of 50mg streptozotocin (STZ) per kg body weight, dissolved in citrate buffer (pH 4.5). To induce inflammation, the ankle joint was held at 90°, with the fossa located distal and posterior to the lateral malleolus, and inserting a 26-gauge needle into this region, with 0.03mL of 3% carrageenan. The groups of insulin-treated diabetic animals were treated twice a day (at 8 am and 5 pm) by subcutaneous injection with... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Diabetes, Diabetes - Atrofia muscular, Diabetes - Muscular atrophy

Como citar

PINHEIRO, Clara Maria. Efeito da inflamação do tornozelo sobre as características histológicas, a expressão gênica e níveis da creatina cinase nos músculos sóleo e tibial anterior de ratos diabéticos. 2011. 64 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2011.