Produção de pepino de plantas enxertadas cultivadas em soluções nutritivas com diferentes teores de potássio

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2001-11-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Associação Brasileira de Horticultura

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O experimento foi conduzido em estufa tipo arco de 50 m² na Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP em Botucatu. Plantas de pepino (Cucumis sativus L.) não enxertadas e enxertadas em abóbora (Cucurbita sp.) foram cultivadas em sistema hidropônico para estudar o efeito de níveis de potássio (45; 90; 180 e 360 mg.L-1 de K) na altura da planta e produção de número de frutos/m². A condução das plantas foi em vasos de 28 L de capacidade contendo 20% vermiculita + 80% casca de arroz + solução nutritiva fornecida a partir de galões individuais contendo 20 litros de solução. O delineamento experimental foi blocos casualizados, com oito tratamentos (fatorial 4 x 2) e três repetições. Não houve efeito da enxertia e das doses de K sobre a altura da planta, porém, os níveis de potássio independente da enxertia alteraram o início da floração. A enxertia potencializou a produção aumentando em 39% o número de frutos/m² quando fornecido na solução nutritiva 45 mg.L-1 de K e 144% com 360 mg.L-1 de K. O menor teor de potássio, 45 mg.L-1, foi suficiente para atingir alta produção.

Resumo (inglês)

The trial was carried out at Faculdade de Ciências Agronômicas in Botucatu, Brazil. Cucumber plants (Cucumis sativus L.) grafted on squash (Cucumis sp.) were cultivated in hydroponic solution to study the effect of three potassium levels (45; 90; 180 and 360 mg.L-1 K) on growth and yield of grafted and non grafted cucumber plants. There was no effect of plant height, but grafting and potassium level altered flowering outset. Grafted plants fertilized with 45 mg.L_1 K produced 39% more fruits than non grafted ones, and produced 144% more fruits when fertilized with 360 mg.L-1 K. The lowest K level studied (45 mg.L_1 K) was enough to obtain high yield.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Horticultura Brasileira. Associação Brasileira de Horticultura, v. 19, n. 3, p. 339-341, 2001.

Itens relacionados

Financiadores