Crescimento e produtividade do algodoeiro em função da aplicação de subdoses de 2,4-d e cloreto de mepiquat

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-08-11

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Due to expansion of cotton production, research with growth regulators and sublethal rates of herbicide are being developed to improve levels of crop productivity. The aim of this study was to evaluate the effect of sublethal rates of dichlorophenoxyacetic acid and mepiquat chloride on vegetative and productive characteristics of two cultivar of cotton plant. The experiment was conducted during the growing season of 2012/2013 and 2013/2014. The experimental design was a randomized completely blocks design in a factorial system 6 x 2 x 2 with 4 replications, consisting 96 plots, with the amount of twenty four treatments: one control and five rates of 2,4-D: 0.68, 1.36, 2.04 2.72 and 3.40 g equivalent acid (e.a) by ha -1, with and without application of mepiquat chloride in the level 200 mL ha-1 in the cultivar FMT 701 and Fibermax 966 cotton. Applied to the doses of 2,4-D at 45 days after plant emergence (d.a.e.) and the growth regulator to 70 d.a.e. The result showed that the use of the growth regulator (mepiquat chloride) at a dose 200 mL ha -1 was effective in controlling plant development in relation to plant height on the two-year study. For the small size of cultivar, the application of increasing doses of 2,4-D provides an increase in plant height. With increasing doses of 2,4-D, there is an increase in the number of reproductive structures for cultivating FMT 701. The application doses of 2,4-D in the range of 1.75 and 1.90 g. The. ha - 1 provides an increase of seed cotton productivity to grow FMT 701. To cultivate Fibermax 966 to sub-dose of 1.75 provides an increase in cotton productivity in seed. Cultivar FMT 701 obtained the highest plant height, stem diameter, number of reproductive branches, bolls per plant and cotton productivity in seed compared with the cultivar Fibermax 966 in both years
Devido à expansão da cotonicultura, pesquisas com reguladores de crescimento e subdoses de herbicidas estão sendo desenvolvidas para incrementar a produtividade da cultura. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito das subdoses de 2,4-D e cloreto de mepiquat nas características vegetativas e produtivas de dois cultivares de algodão. O experimento foi conduzido durante o período de novembro de 2012 a maio de 2013 e novembro de 2013 a maio de 2014. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso em um esquema fatorial 6 x 2 x 2, com 4 repetições, totalizando 96 parcelas, perfazendo 24 tratamentos: a testemunha e cinco subdoses do herbicida 2,4-D: 0,68; 1,36; 2,04; 2,72 e 3,40 g equivalente ácido (e.a.) por ha -1, com e sem aplicação de cloreto de mepiquat na dose 200 mL ha -1 nas cultivares FMT 701 e Fibermax 966 de algodoeiro. Aplicou-se as subdoses de 2,4-D aos 45 dias após a emergência da planta (d.a.e.) e o regulador de crescimento aos 70 d.a.e. Constatou-se que a utilização do regulador de crescimento (cloreto de mepiquat) na dose 200 mL ha -1 foi eficiente no controle do desenvolvimento da planta em relação a variável altura de planta no dois anos de estudo. Para o cultivar de porte baixo, a aplicação das subdoses crescente de 2,4-D proporciona um incremento na altura de planta. Com o aumento das subdoses de 2,4-D, ocorre um incremento no número de estruturas reprodutivas para o cultivar FMT 701. A aplicação de subdoses de 2,4-D na faixa de 1,75 a 1,90 g e. a. ha -1 propicia um aumento de produtividade de algodão em caroço para a cultivar FMT 701. Para a cultivar Fibermax 966 a subdose de 1,75 propicia um incremento na produtividade de algodão em caroço. A cultivar FMT 701 obteve maior altura de planta, diâmetro do caule, quantidade de ramos reprodutivos, capulhos por planta e produtividade de algodão em caroço comparado com a cultivar Fibermax 966 nos dois anos agrícolas

Descrição

Palavras-chave

Algodão - Cultivo, Plantas - Efeito dos herbicidas, Reguladores de crescimento, Hormese, Cotton growing

Como citar

AMÉRICO, Gabriela Helena Pinê. Crescimento e produtividade do algodoeiro em função da aplicação de subdoses de 2,4-d e cloreto de mepiquat. 2015. 53 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Engenharia, 2015.