Avaliação da ação da riboflavina associada à radiação ultravioleta na inativação do Anaplasma marginale em sangue bovino conservado para transfusão e estudo das alterações hematolólogicas e bioquímicas durante o período de estocagem

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-03-28

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O estudo teve como objetivo verificar possíveis alterações hematológicas e bioquímicas que ocorrem no sangue bovino de animais hígidos e parasitados com Anaplasma marginale, conservado por 21 dias em bolsas plásticas contendo Citrato-Fosfato-Dextrose-Adenina (CPDA-1) e avaliar a ação da Riboflavina associada à radiação ultravioleta (UV) na inativação do hemoparasita. Na primeira etapa foram determinados o número de Hemácias (He) e Leucócitos, Hemoglobina (Hb), Volume Globular (VG), Volume Corpuscular Médio (VCM), Proteína Plasmática Total (PPT), Fibrinogênio, Sódio (Na+), Potássio (K+) e Lactato, a cada três dias, durante 21 dias, do grupo I formado por bolsas contendo sangue de bovinos saudáveis e do grupo II, por bolsas com sangue parasitado por A. marginale. Na segunda, foram realizados os exames do Esfregaço Sanguíneo Corado (ESC), Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e Reação em Cadeia da Polimerase quantitativa (qPCR) antes e após o tratamento com Riboflavina associada à radiação UV, além da inoculação em bezerros para verificar se o parasita mantinha sua infectividade. Estes exames foram repetidos in vivo nos dias sete, 14 e 21 após a inoculação. Na primeira etapa, para ambos os grupos, ocorreu redução dos valores de He, Hb, VG, PPT, Leucócitos e Na+; e aumento no VCM, K+ e Lactato. Na segunda etapa, ocorreu redução da carga parasitária de 30,60% no momento zero (M0) para 15,26% após o tratamento; RIFI de 100% positivo no M0, para 100% negativo após o tratamento. A qPCR demonstrou que o tratamento não promoveu completa eliminação do parasita, mas houve uma inativação parcial, já que os bezerros receptores não adoeceram
The objective of this study was to evaluate hematological and biochemical changes in bovine blood from healthy and Anaplasma marginale infected animals after a 21day storage period in plastic bags with Citrate- Phosphate-Dextrose-Adenine (CPDA-1) and also to evaluate the effect of Riboflavin associated with ultraviolet radiation (UV) on the inactivation of the hemoparasite. In the first experimental phase, the number of Erythrocytes (RBC) and Leukocytes, Hemoglobin (Hb), Globular Volume (GV), Mean Corpuscular Volume (MCV), Total Plasma Protein (TPP), Fibrinogen, Sodium (Na+), Potassium (K+) and Lactate was determined every 3 days for 21 days in blood stored in plastic bags from clinically healthy animals (Group I) and in blood stored in plastic bags containing blood from infected animals by Anaplasma marginale (Group II). In the second experimental phase, stained blood smears, indirect immunofluorescence assay (IFA) and quantitative polymerase chain reaction (qPCR) were performed before and after the treatment with riboflavin associated with UV radiation. Also, calves were inoculated to evaluate the infectivity of the parasite. These exams were repeated at day 7, 14 and 21 after inoculation. In the first phase a reduction in RBC, Hb, GV, TPP, Leukocytes and Na+ and an increase in MCV, K+ and Lactate were observed in both groups. In the second phase, the parasite load of 30.60% at time zero (T0) was reduced to 15.26% after the treatment; IFA of 100% positive at T0 was reduced to 100% negative after the treatment. qPCR revealed that total elimination of the parasite by the treatment was not observed but there was a partial inactivation was observed since the recipient calves did not get sick

Descrição

Palavras-chave

Sangue - Transfusão, Sangue - Coleta e preservação, Hematologia veterinaria, Ultraviolet radiation, Anaplasma marginale

Como citar

LOPES, Leizinara Gonçalves. Avaliação da ação da riboflavina associada à radiação ultravioleta na inativação do Anaplasma marginale em sangue bovino conservado para transfusão e estudo das alterações hematolólogicas e bioquímicas durante o período de estocagem. 2011. 87 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2011.