Avaliação do creme à base de mentol na cicatrização de feridas cutâneas em ratos diabéticos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-02-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A hiperglicemia causada pelo diabetes prejudica o processo de cicatrização da ferida cutânea, promovendo uma resposta inflamatória crônica e aumento do estresse oxidativo. O mentol é um composto natural, encontrado no óleo essencial de folhas de plantas Mentha, que possui propriedades bactericida, fungicida, analgésica e anestésica descritas na literatura. O objetivo deste estudo foi investigar o potencial efeito cicatrizante do creme à base de mentol em feridas cutâneas de ratos hiperglicêmicos e seus mecanismos de ação. A hiperglicemia foi induzida em ratos Wistar machos (n=10) através de dose única de estreptozotocina (50 mg/kg, i.p.). Após confirmação do estado diabético (≥ 250 mg glicose/dL), os ratos foram divididos em três grupos: veículo, creme de insulina (0.5 U/g), creme à base de mentol (0.5%). Os animais foram anestesiados com quetamina (80 mg/kg, i.p.) e xilazina (40 mg/kg, i.p.) e a ferida cutânea foi confeccionada no dorso dos animais com um punch de 2 cm de diâmetro. A área da ferida foi medida, fotografada e tratada com cremes uma vez ao dia durante 14 dias. No final do período, os ratos foram eutanasiados, a área da ferida foi destinada a ensaios de atividade anti-inflamatória e antioxidante e expressão quantitativa de mRNA. Os níveis de NO foram dosados no plasma sanguíneo. Após 14 dias de tratamento, o grupo tratado com mentol apresentou redução na área da ferida (94%) em comparação com o grupo veículo (88%). Além disso, o grupo tratado com mentol apresentou níveis reduzidos de TNF-α e IL-6, diminuiu a atividade de MPO e a expressão de Nfκb e aumentou os níveis e a expressão de IL-10 e Ki67, além de maior atividade das enzimas antioxidantes SOD, GPx e GR e aumento nos níveis de GSH e NO. Em conjunto, esses resultados evidenciam que o creme à base de mentol acelerou o processo de cicatrização de feridas cutâneas em ratos hiperglicêmicos através das atividades anti-inflamatória e antioxidante e aumento da proliferação celular.

Descrição

Palavras-chave

cicatrização, diabetes mellitus, mentol, antioxidante, anti-inflamatório

Como citar