Paradigma e metodologias da questão agrária: uma análise das ocupações de terras no Brasil com ênfase para o Pontal do Paranapanema-SP

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A questão agrária é da essência do modo capitalista de produção. A existência ou não do campesinato nesse modo de produção é justamente o cerne da discussão. A questão agrária pode ser interpretada de diferentes formas, por meio de correntes teóricas ou até mesmo paradigmas, como o caso do Paradigma da questão Agrária e o Paradigma do Capitalismo Agrário. Neste trabalho procuro defender a ideia de que a questão agrária é um problema estrutural do capitalismo, atualizada conjunturalmente por diferentes elementos, sejam eles de cunho social, político ou econômico. Um destes elementos, destacado nesta pesquisa, é justamente a luta pela terra em escala nacional e regional. A criação e recriação do campesinato no Brasil tem se dado, principalmente, a partir da luta pela terra, materializada em ocupações, acampamentos e, conseqüente, criação de assentamentos rurais. Em escala nacional, discuto a diminuição das ocupações de terra e de novos acampamentos nos últimos anos, com o intuito de compreender as possíveis causas. Já, em escala regional, no Pontal do Paranapanema-SP, algumas mudanças no que diz respeito à mobilização das famílias semterra e a esporacidade da vida nos acampamentos são apresentadas a fim de colaborar com a discussão sobre a dinâmica, contemporaneidade e perspectiva da luta pela terra
La cuestión agraria es la esencia del modo de producción capitalista. La existencia o no de los modo de producción campesino que es precisamente el núcleo de la discusión. La cuestión agraria puede ser interpretado de diferentes maneras, através de paradigmas o corrientes teóricas, como el caso de paradigma da cuestión agraria y paradigma del capitalismo agrario. En este trabajo hemos tratado de defender la idea de que la cuestión agraria es um problema estructural del capitalismo, la coyuntura actual de los diferentes elementos, son ellos sociales, políticos o econômicos. Uno de estos elementos, destaca em esta investigación, es precisamente la lucha por la tierra em escala nacional y regional. La creación y recreación de los campesinos em Brasil se há dado principalmente a partir de la lucha por la tierra, materializado en ocupaciones, acampamientos y, em consecuencia, la creación de asentamientos rurales. En escala nacional, se discute la reducción de lãs ocupaciones de tierras y acampamientos nuevos em los últimos años, con el fin de comprender las posibles causas. Ya, en una escala regional, el Pontal do Paranapanema-SP, algunos câmbios con respecto a la movilización de las famílias sin tierra y esporacidade de la vida en los acampamientos se presentam con el fin de colaborar con la discución y la perspectiva de la lucha contemporánea por la tierra

Descrição

Palavras-chave

Geografia, Reforma agraria - Paranapanema, Pontal do (SP), Capitalismo - Paranapanema, Pontal do (SP), Assentamentos humanos - Paranapanema, Pontal do (SP)

Como citar

ORIGUÉLA, Camila Ferracini. Paradigma e metodologias da questão agrária: uma análise das ocupações de terras no Brasil com ênfase para o Pontal do Paranapanema-SP. 2011. 1 CD-ROM. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado - Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2011.