Dimensionando a violência intrafamiliar: percepção e conduta dos cirurgiões dentistas do serviço público de um município de pequeno porte pertencente ao noroeste paulista

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-09-24

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The intrafamily violence is a public order issue commonly encountered in health services. However, it is not frequently notified to the proper authorities. The objective here is to evaluate the public health system professionals' judgment and reaction to that kind of violence in a small-sized city in the state of São Paulo. This is a cross-sectional and descriptive study. Every acting dental surgeons in this town were invited to partake the research. 15 of them agreed and answered a survey about violence. The data was analyzed and tabulated. This study was approved by the Research Ethics Committee. Most of the surgeons (73.3%) didn't know how to register the cases in their workplace; 66.6% don't know the current legislation regarding violence cases and only 13.3% knew the notification form. The conclusion is that most dental surgeons don't know enough about violence cases, complicating the early diagnosis of the victims in their clinic
A violência intrafamiliar é uma questão de ordem pública comumente encontrada nos serviços de saúde. Apesar disso, não é frequente a notificação da mesma. Este estudo teve como objetivo avaliar a percepção e atitude dos profissionais de saúde do sistema público frente a violência intrafamiliar em um município de pequeno porte do estado de São Paulo. Trata-se de um estudo transversal e descritivo. Todos os cirurgiões dentistas atuantes neste município foram convidados a participar da pesquisa. Do total (n=15) 15 concordaram e responderam a um questionário que abordava o tema violência. Os dados foram analisados e tabulados. O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisas (CEP). Dos participantes, grande parte (73,3%) não sabe como realizar o registro dos casos que surgem em seu local de trabalho, a maioria dos profissionais (66,6%) desconhecem a legislação existente para os casos de violência e apenas 13,3% relataram conhecer a ficha de notificação. Conclui-se que a maior parcela dos cirurgiões dentistas não apresentam conhecimento suficiente frente a casos de violência, o que dificulta o diagnóstico precoce das vítimas em seu ambiente de trabalho

Descrição

Palavras-chave

Violência familiar, Saúde pública, Percepção, Family violence

Como citar

FAGUNDES, Lucas. Dimensionando a violência intrafamiliar: percepção e conduta dos cirurgiões dentistas do serviço público de um município de pequeno porte pertencente ao noroeste paulista. 2015. 19 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2015.