O tema universo, terra e vida no ensino de física: uma análise do discurso oficial no discurso do professor que leciona física.

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-02-28

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Apesar de existir vários atributos que justificam o ensino de Astronomia nas escolas, ainda é possível verificar nos últimos anos, por meio de pesquisas, que professores apresentam dificuldades em abordar esse conhecimento. Deste modo, que ensino de Astronomia tem sido praticado nas escolas considerando-se uma quantidade relevante de pesquisas já existentes na área de Ensino de Ciências, bem como de orientações oficiais? Esse e outros questionamentos levantados no contato com materiais didáticos, professores, escolas e leituras de pesquisas em ensino de Ciências levaram a seguinte questão de pesquisa: Comparando-se o Discurso Oficial e o de professores que lecionam Física, o que se pode dizer acerca do ensino de temas relacionados à Astronomia no Ensino Médio? Nesta pesquisa, buscou-se comparar o Discurso Oficial, proveniente de documentos oficiais (Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (PCNEM), Currículo do Estado de São Paulo, Orientações Curriculares Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN+), Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (DCNEM)) e o Discurso do Professor que leciona Física, a fim de se discutir o que é possível dizer acerca do ensino de temas relacionados a Astronomia. A pesquisa é de natureza qualitativa e foi realizada com professores que lecionam a disciplina de Física no primeiro Ano do Ensino Médio de uma escola pública do interior do estado de São Paulo por meio da realização de entrevistas semiestruturadas. A análise de dados foi baseada na Análise de Discurso francesa por meio do referencial de Eni Orlandi. Os resultados apontam que o ensino desta temática nas escolas não é orientado diretamente, além de raramente ser oferecido aos alunos no Ensino Médio. Isso pode ser decorrente de diversos fatores, dentre eles, a dificuldade no cumprimento do conteúdo previsto no Currículo do estado de São Paulo; defasagem de conhecimentos dos alunos em relação a seriação em que se encontram; formação e atuação dos professores que lecionam Física. Quando o ensino de temas relacionados a Astronomia ocorreu, foi possível observar que pouco se aproxima das orientações provenientes do Discurso Oficial ficando mais próximos ao senso comum dos professores, suas formações como bases orientadoras, entre outros.
Although there are several attributes to justify astronomy teaching in schools, it is possible to verify in recent years, through research, that teachers have difficulties in working with this topic. Thus, what kind of Astronomy teaching has been practiced in schools considering a relevant amount of research already existing in the area of Science Teaching, as well as official guidelines? This and other questions raised through the contact with teaching materials, teachers, schools and readings of research in science teaching led the following research question: Comparing the Official Discourse and that one of Physics teachers, what can be said about the teaching topics related to Astronomy in High School? In this research, we sought to compare the Official Discourse, from official documents (National Curriculum Parameters for Secondary Education (PCNEM), State of São Paulo Curriculum, Complementary Curricular Guidelines for National Curricular Parameters (PCN +), National Curricular Guidelines for High School (DCNEM)) and the Professor's Discourse of Physics teachers, in order to discuss what can be said about the topics related to astronomy teaching. The research has a qualitative nature and was carried out with Physics teachers that lecture in the first year of high school of a public institution in the state of São Paulo, through semi-structured interviews. Data analysis was based on the French Discourse Analysis using Eni Orlandi’s framework. The results show that the teaching of this subject in schools is not directly oriented, besides being rarely offered to students in High School. This can be due to several factors, among them, difficulty in complying with the content provided in the Curriculum of the state of São Paulo; students’ knowledge gap; training and performance of Physics teachers. Regarding the teaching of Astronomy-related topics, it was possible to observe that it is not very close to the guidelines coming from the Official Discourse, getting closer to the teachers' beliefs, their formations as guiding principles, among others.

Descrição

Palavras-chave

Discurso do professor, Discurso oficial, Astronomia, Universo, Universo terra e vida, Teacher’s discourse, Official discourse, Astronomy, Universe, Earth and life

Como citar