Dinâmica populacional de pragas chaves e resistência na categoria por antibiose a Stegasta bosqueella (Lepidoptera: Gelechidae) em amendoim

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-05-10

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O amendoim (Arachis hypogaea L.) é uma importante oleaginosa cultivada em mais de 30 países. No Brasil, a produção de amendoim vem crescendo anualmente, devido a sua rentabilidade e como estratégia de adubação na renovação de canaviais. Entretanto, uma das limitações para o aumento da produtividade está relacionada com a ocorrência de pragas, com destaque aos tripes e lagartas. Dentre as espécies de lagartas de ocorrência na cultura se destaca a lagarta-do-pescoço-vermelho (Stegasta bosqueella). Os tripes além de causarem problemas diretos afetando o desenvolvimento da planta, também são responsáveis pela transmissão de viroses. Assim, associando-se o fato da importância destas pragas na cultura do amendoim, se faz necessário o conhecimento da dinâmica populacional nas regiões produtoras como uma ferramenta no manejo integrado de pragas, e explorar as táticas de controle destes insetos. Desse modo, os objetivos deste trabalho foram estudar a distribuição populacional de S. bosqueella e dos tripes Enneothrips flavens e Frankliniella schultzei e identificar potenciais cultivares resistentes de amendoim comercial. O trabalho de distribuição populacional das pragas, foi realizado em dois anos agrícolas, safra 2015/2016 e 2016/2017, em dois municípios produtores do Estado de São Paulo (Jaboticabal e Santa Adélia). As amostragens das pragas foram realizadas semanalmente com início aos 15 dias após a emergência (DAE) em folíolos e a partir de 36 DAE em flores e seguiram em ambos até os 90 DAE. Os dados de precipitações acumuladas e temperatura média semanal foram coletados e correlacionados com a incidência de pragas, pela análise de correlação linear de Pearson (r). O número de pragas apresentou correlação com as variáveis metodológicas. Em períodos de maior concentração de precipitações houve a redução de pragas na cultura do amendoim. Para ambas as regiões avaliadas até os 29 DAE o número de insetos presentes na cultura foi baixo, em média começando a aumentar próximo aos 36 DAE, seguindo até os 71 DAE quando a população começou a decrescer. A espécie F. schultzei, foi encontrada em altas populações nas flores. O objetivo do seguinte trabalho foi avaliar possíveis fontes de resistência do tipo antibiose em cultivares de amendoim a S. bosqueella. Foram avaliados os parâmetros de desenvolvimento do inseto, incluindo pesos de lagarta e pupa, períodos de larva, pré-pupa e pupa, longevidade de adulto, razão sexual e sobrevivência larval. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey (P ≤ 0,05), além da análise multivariada de componentes principais. Assim, IAC 503 foi considerada como moderadamente resistente na categoria antibiose a S. bosqueella. Espera-se que os resultados obtidos nesse trabalho possam contribuir para o conhecimento científico e fornecer subsídios para o desenvolvimento de estudos que contribuam com o Manejo Integrado da lagarta-do-pescoço-vermelho e tripes em amendoim.
The peanut (Arachis hypogaea L.) is an important oilseed crop grown in more than 30 countries. In Brazil, peanut production has been increasing annually, due to its profitability and as a fertilization strategy in the renovation of sugarcane plantations. However, one of the limitations to increase productivity is related to the occurrence of pests, especially the thrips and worms. Among the species of worms of occurrence in the culture stands the red-necked caterpillar (Stegasta bosqueella). Thrips, besides causing direct problems affecting the development of the plant, are also responsible for the transmission of viruses. Thus, the importance of these pests in the peanut crop is associated with the knowledge of the population distribution in the producing regions as a tool in integrated pest management, and to explore the control tactics of these insects. Thus, the objectives of this work were to study the population distribution of S. bosqueella and thrips Enneothrips flavens and Frankliniella schultzei and to identify potential resistant peanut cultivars. The work of population distribution of pests was carried out in two agricultural years, crop 2015/2016 and 2016/2017, in two producing cities of the state of São Paulo (Jaboticabal and Santa Adélia). Pest sampling was performed weekly starting at 15 days after emergence (DAE) in leaflets and from 36 DAE in flowers and followed in both until DAE 90. Cumulative precipitation and mean weekly temperature data were collected and correlated with pest incidence by Pearson's linear correlation analysis (r). The number of pests presented a correlation with the methodological variables. In periods of higher rainfall concentration, there was a reduction of pests in the peanut crop. For both regions evaluated until the 29 DAE the number of insects present in the culture was low, on average starting to increase near the 36 DAE, following up to the 71 DAE when the population began to decrease. The species F. schultzei, was found in high populations in flowers. The objective of the following work was to evaluate possible antibiosis resistance sources in S. bosqueella peanut cultivars. Five cultivars were evaluated: IAC Caiapó, IAC Runner 886, IAC OL3, IAC 503 and Granoleico. The development parameters of the insect were evaluated, including larvae and pupa weights, larval, pre-pupal and pupal periods, adult longevity, sexual ratio and larval survival. The data were submitted to analysis of variance and the means compared by the Tukey test (P ≤ 0.05) besides the multivariate analysis of main componentes. Larvae fed with the IAC 503 showed prolongation of the larval period, reduced weight and low survival. Thus, IAC 503 was classified as resistant moderately in the antibiosis category to S. bosqueella. The results obtained in this work could contribute to the scientific knowledge and provide subsidies for the development of studies that contribute to the Integrated Management of redneck worm peanut and tripes in peanuts.

Descrição

Palavras-chave

Antibiose, Antixenose, Arachis hypogaea, Manejo integrado de pragas, Resistência de plantas a insetos

Como citar