Revisitando a formação de um professor de Geografia pela (auto)biografia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Ao pensar sobre as motivações para a existência de um Trabalho de Conclusão de Curso na licenciatura, considero que entre elas está a de averiguar se o aluno, ao longo do curso, desenvolveu determinados saberes e estimular a formação de professores capazes de refletir sobre suas concepções e práticas. Assim, esse trabalho diz respeito a uma pesquisa (auto)biográfica que tem como objetivo analisar, a partir da teoria da Relação com o Saber e de reflexões sobre a constituição da identidade e da subjetividade, a forma como eu resgato e ressignifico a minha trajetória na Graduação, responsável pelo desenvolvimento dos meus Saberes Docentes, e descrita em uma narrativa que retoma as experiências que considero terem sido mais significativas para minha formação enquanto sujeito e docente, além de refletir sobre possíveis contribuições ao curso de Geografia da Unesp de Rio Claro. Ao término da pesquisa, comento sobre as dificuldades encontradas para a realização desse trabalho, e sobre os benefícios de se explorar a abordagem (auto)biográfica, as noções de transformação da identidade e a teoria da Relação com o saber para a proposta de uma Formação de Professores pautada na dimensão humana dessa profissão, sendo capaz de impulsionar os futuros docentes a refletirem sobre seus saberes e identidades, e fazendo-os capazes de auxiliar seus alunos na construção de suas trajetórias.
In thinking about the motivations for the existence of a Course Conclusion Work in the degree, I consider that some of them are to ascertain if the student has developed certain knowledge and stimulate the formation of teachers able to reflect on their conceptions and practices. Thus, this work concerns a (auto) biographical research that aims to analyze, from the theory of the Relationship to Knowledge and reflections on the constitution of identity and subjectivity, the way I redeem and resignify my trajectory. Undergraduate, responsible for the development of my Teaching Knowledge, and described in a narrative that takes back the experiences that I consider to have been more significant for my education as a subject and teacher, besides reflecting on possible contributions to the course of Geography at Unesp de Rio Claro. At the end of the research, I comment on the difficulties encountered in this work, and on the benefits of exploring the (auto) biographical approach, the notions of identity transformation and the theory of the Relationship to knowledge for the constitution of a more humane Teacher Training model, which encourages future teachers to reflect on their knowledge and identities, and to be able to assist their students in the construction of their trajectories.

Descrição

Palavras-chave

(Auto)biografia, Formação de professores de geografia, Saberes docentes, Identidade, Relação com o saber, Autobiography, Geography teacher education, Teaching knowledge

Como citar