Ideologias geográficas em Oliveira Vianna e sua influência na organização nacional

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017-11-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The purpose of this research is the understanding of a great national thinker who directly or indirectly contributed to the formation of Brazilian geographic thought. Although geography has established itself as an academic science in Brazil only in the 1930s, it is possible to identify in the previous phases some remnants of the formation of Brazilian geographic thought in social scientists from other areas. The paper studies how the geographic thought of Oliveira Vianna acted in the national organization, in which the geographic ideology would cover this analysis of the thought in question, in an ideological-political field. For the understanding of his ideas it is important to contextualize at the structural and superstructural level the historical conjuncture, starting from the primitive accumulation of Capital in Brazil until the establishment of the conservative and authoritarian ideology as hegemonic. This ideology was propelled by a group of intellectuals, close to the government, to which Oliveira Vianna belonged, these interpreters of Brazil had as their main focus the question of national identity. The importation of geographic thought along with this conservative ideology served to create interpretations of the national reality on a geographical basis, with the purpose of constructively strengthening the nation-state centrally. In this sense, he does not compromise the readings of his vision, considering the cultural trends of the time
A realização desta pesquisa tem como intuito o entendimento de um grande pensador nacional que de forma direta ou indireta contribuiu para a formação do pensamento geográfico brasileiro. Ainda que a geografia tenha se instalado como ciência acadêmica no Brasil somente na década de 30, é possível identificar em fases anteriores, alguns resquícios da formação do pensamento geográfico brasileiro em cientistas sociais de outras áreas. O Trabalho estuda como o pensamento geográfico de Oliveira Vianna atuou na organização nacional, em que a ideologia geográfica recobriria está análise do pensamento em questão, num campo ideológico-político. Para a compreensão de suas ideias é importante contextualizar ao nível estrutural e superestrutural a conjuntura histórica, partindo da acumulação primitiva de Capital no Brasil até o estabelecimento da ideologia conservadora e autoritária como hegemônica. Esta ideologia teve como propulsores um grupo de intelectuais, próximos ao governo, ao qual pertencia Oliveira Vianna, estes intérpretes do Brasil tinham como grande enfoque a questão da identidade nacional. A importação do pensamento geográfico junto a esta ideologia conservadora serviu para criar interpretações da realidade nacional com base geográfica, com a finalidade do fortalecimento construtivo do Estado-Nação de forma centralizada. Neste sentido, não se compromete as leituras de sua visão, pois se considera as tendências culturais da época

Descrição

Palavras-chave

Viana, Oliveira 1883-1951, Geografia - Historia, Ideologia, Geografia, Pensamento, Identidade, Nacionalismo, Brasil

Como citar

GOMES, Guilherme de Lemos. Ideologias geográficas em Oliveira Vianna e sua influência na organização nacional. 2017. 54 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2017.