Serviço social e projeto ético-político profissional: contributos da extensão universitária

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-06-12

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The text here presented intends to contribute for the debate around Social Work, its professional ethical and political project and university's extension, considering some of the interfaces involved on this matter. Extension's conception here adopted comprehends its educative, cultural and scientific dimensions, undisjoinabled associated to teaching and research, according to a perspective that defends the possibility of a fecund and modifying relation between university and society. With this in mind, this study included bibliographical research and eleven interviews with social workers graduated on UNESP/Franca who participated of groups of extension such as Núcleo Agrário Terra e Raiz (NATRA) and Grupo de Alfabetização Paulo Freire (GAPAF). The reason for choosing those groups is the political direction given to its extensional actions. This study was divided into three chapters: Social Work and the Contemporary Debate around its Critical Renovation; University, Sociability, University's Extension and Communicative Dimension; and Extensional Practice, Professional Formation and Social Work's Ethical and Political Project. Four main categories were analyzed: extensional practice; university's tripod: teaching, research and extension; extension and professional exercise; extension and Social Work's political and ethical project. The study captures extension's importance to the lives of the subjects of the research, indicating the intailed relation between participation in those groups and a professional formation guided by the perspective provided for Social Work‘s political and ethical project
O texto aqui apresentado pretende contribuir na discussão acerca do Serviço Social, do projeto ético-político profissional e da extensão universitária, sopesando suas interfaces. A concepção de extensão aqui adotada compreende seu caráter educativo, cultural e científico, articulado indissociavelmente ao ensino e à pesquisa, segundo a perspectiva que defende a possibilidade de uma relação profícua e transformadora entre universidade e sociedade. Para tanto, o estudo abarcou pesquisa bibliográfica e entrevistas com onze assistentes sociais graduados na UNESP/Franca que participaram dos grupos de extensão Núcleo Agrário Terra e Raiz (NATRA) e Grupo de Alfabetização Paulo Freire (GAPAF). A escolha por tais grupos deve-se ao direcionamento político dado às suas ações extensionistas. O trabalho foi organizado em três capítulos: O Serviço Social e o Debate Contemporâneo sobre sua Renovação Crítica; Universidade, Sociabilidade, Extensão Universitária e Dimensão Comunicativa; e Prática Extensionista, Formação Profissional e Projeto Ético-político do Serviço Social. São analisadas quatro principais categorias, sendo elas: a prática extensionista; tripé universitário: ensino, pesquisa e extensão; extensão e exercício profissional; extensão e projeto ético-político do Serviço Social. Assim, o trabalho capta a importância da extensão na vida dos sujeitos da pesquisa, destacando a reiterada vinculação entre a participação em tais grupos e a formação de profissionais alinhados à perspectiva do projeto ético-político do Serviço Social

Descrição

Palavras-chave

Serviço social - Estudo e ensino, Prática profissional, Serviço social - Prática, Assistentes sociais - Ética profissional, Extensão universitaria - Educação, Social service

Como citar

FERRAZ, Anita Pereira. Serviço social e projeto ético-político profissional: contributos da extensão universitária. 2013. 123 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, 2013.