Kehre: verdade e linguagem em Heidegger

Imagem de Miniatura

Data

2015-12-16

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta dissertação propõe um modo particular de leitura da obra do filósofo alemão Martin Heidegger (1889-1976). Partindo desse princípio, iremos nos defrontar com um problema que permeia a literatura acerca desse pensador, a saber, a questão da Kehre ou virada de pensamento, que ocorreu ao longo de sua vida filosófica, para isso, utilizaremos como fiocondutor os conceitos de linguagem e verdade, recorrentes nas suas obras. Ademais, perscrutamos os limites que tais ideias implicam dentro de alguns textos do filósofo, com vistas a vislumbrar o valor que essas ideias possuem na reflexão da virada de pensamento e como depende delas a ocorrência da Kehre.
Our work proposes a particular way of work of the German philosopher Martin Heidegger reading (1889-1976). Based on this principle, we may face a problem that pervades the literature on this thinker, namely the question of the Kehre or turn of thought, which occurred throughout his philosophical life, for that we will use as wire conductor concepts of language and truth, recurrent in his works . In addition, we watch for the limits that these ideas imply in some philosophical texts, in order to glimpse the value that these ideas have in reflecting the turn of thought and depends on them as the occurrence of Kehre.

Descrição

Palavras-chave

Heidegger, Kehre, Verdade, Linguagem, Metafísica, Truth, Language, Metaphysics

Como citar