O alçamendo das vogais médias na variedade culta do noroeste paulista

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

Este trabalho apresenta o comportamento das vogais médias pretônicas no português culto falado na região de São José do Rio Preto, noroeste do estado de São Paulo. Nessa região, há variação lingüística que envolve as vogais médias [e, o] e as altas [i, u], respectivamente, fato que gera formas variantes como al[e]gria ~ al[i]gria e n[o]tícia ~ n[u]tícia. Esse fenômeno fonológico, denominado por Alçamento Vocálico, é aqui investigado a partir de fatores estruturais, segundo o modelo teórico-metodológico da Sociolingüística Quantitativa. Com base nos resultados gerados pelo programa VARBRUL, o alçamento vocálico foi interpretado, na variedade estudada, como resultado, sobretudo, da redução da diferença articulatória da pretônica com relação aos segmentos consonantais adjacentes. Constatou-se que a vogal alta contígua à pretônica tem importante papel na aplicação da regra do alçamento e a presença de vogal alta na sílaba tônica, em muitos casos, reforça, mas não determina a aplicação da regra. Tais fatos sustentam a afirmação de que a redução vocálica é o processo característico do dialeto estudado.

Descrição

Palavras-chave

Vogal média, Alçamento vocálico, Fonologia, Variação lingüística, Língua portuguesa

Como citar

ALFA: Revista de Linguística, v. 52, n. 2, 2008.