Coeficiente de cultivo para a videira com base no índice de vegetação por diferença normalizada obtido com uso de VANT

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-07-29

Orientador

Román, Rodrigo Máximo Sánchez
McKee, Mac

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Irrigação e Drenagem) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

As diversas interações do meio biofísico de uma área cultivada dificultam a compreensão e estudos do comportamento da vegetação por meio de medições de campo. Essas dificuldades fizeram do sensoriamento remoto, por meio de imagens de satélites, uma ferramenta robusta para investigações desses ecossistemas em diferentes regiões. As imagens de satélites vêm sendo uma ferramenta bastante utilizada para cálculos de demandas hídricas das culturas irrigadas com grande eficiência. Porém, existe a limitação da periodicidade uma vez que os satélites utilizados, como Landsat 8, levam 16 dias para retornar à uma mesma região. Como alternativa para imagens aéreas de alta resolução e diárias nos dias atuais estão sendo utilizados os Veículos Aéreos Não Tripulados (VANT), como os Drones. O trabalho teve como objetivo determinar a demanda hídrica da videira Pinot Noir por meio de índice de vegetação, utilizando imagens diárias obtidas com o uso de VANT. Os resultados obtidos foram comparados com dados medidos de campo. A demanda hídrica foi calculada por meio da estimativa dos coeficientes de cultivo utilizando o NDVI (Índice de Vegetação da Diferença Normalizada) e a evapotranspiração de referência. O resultado deste trabalho mostrou que a resolução influência nos valores dos índices vegetativos e, consequentemente, nos parâmetros que podem ser estimados por eles. Logo, as imagens capturadas por VANT expressam valores mais próximo do real em uma escala temporal diária, obtendo-se resultados mais satisfatória para o uso no manejo da irrigação.

Resumo (português)

The diverse interactions of the biophysical environment of an acreage make it difficult to study vegetation behavior through field measurements. These difficulties made remote sensing, through satellite images, a robust tool for investigating these ecosystems in different regions. Satellite images have been a widely used tool for calculating the water demands of irrigated crops with great efficiency. However, there is a limitation of periodicity since the satellites used, such as Landsat 8, take 16 days to return to the same region. As an alternative to high resolution and daily aerial imagery today unmanned aerial vehicles (VANT), such as Drones, are being used. The objective of this work was to determine the water demand of vine Pinot Noir by vegetation index using daily images obtained with the use of VANT. The results obtained were compared with data measured of field. The water demand was calculated by estimating the crop coefficients using the NDVI (Normalized Difference Vegetation Index) and the reference evapotranspiration. The result of this work showed that the resolution influences the values of the vegetative indexes and, consequently, the parameters that can be estimated by them. Therefore, the VANT catches express values closer to the real on a daily time scale, obtaining more satisfactory results for use in irrigation management.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados