Adubação nitrogenada e potássica em goiabeiras ‘paluma’: II. efeito no estado nutricional das plantas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-03-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Soc Brasileira Fruticultura

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The proper mineral fertilization of guava orchards under intensive management, is a major factor in productivity and monitoring the nutritional status of the plants contributes to the efficiency of this agronomic practice. The aim of this study was to investigate different doses of nitrogen and potassium in the nutritional status of guava 'Paluma'. The experiment was conducted at Vista Alegre do Alto, Sao Paulo, in a 7 year old irrigated orchard, managed with fruiting pruning during four consecutive growing seasons. The soil is a dystrophic Ultisol. The experimental design was randomized blocks, in factorial, with four nitrogen doses (0, 0.5, 1 and 2 kg of N plant(-1)) and four of potassium (0, 0.55, 1.1 and 2.2 kg of K2O plant(-1)), with three replications. Nitrogen fertilization promoted increased levels of leaf N and Mn and the decrease in the levels of P and B; effects observed from the second to the fourth production cycle. Nitrogen fertilization increased the Ca and Mg levels, respectively, in the second and third cycle. Except for the first production cycle, K and Mn foliar concentrations increased with increasing potassium fertilization, whereas the levels of Mg, in the second and the fourth cycle, decreased as a function of fertilization.

Resumo (português)

A adequada adubação mineral de pomares de goiabeira, sob manejo intensivo, é fator preponderante na produtividade, e o acompanhamento do estado nutricional das plantas contribui para a eficiência desta prática agronômica.Objetivou-se pesquisar o efeito de diferentes doses de nitrogênio e potássio sobre o estado nutricional de goiabeiras‘Paluma’. O experimento foi conduzido em Vista Alegre do Alto-SP, em pomar irrigado, com sete anos deidade, manejado com podas de frutificação, durante quatro ciclos de produção consecutivos. O solo é o Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com trêsrepetições, em esquema fatorial com quatro doses de nitrogênio (0; 0,5; 1,0 e 2,0 kg planta-1 de N) e quatro depotássio (0;0,55; 1,1 e 2,2 kg planta-1 de K2O). A adubação nitrogenada promoveu aumento nos teores foliares de N e Mn e decréscimo nos teores de P e B, observados do segundo ao quarto ciclo produtivo. A adubaçãonitrogenada elevou os teores de Ca e Mg, respectivamente, no segundo e terceiro ciclos. Com exceção doprimeiro ciclo produtivo, os teores foliares de K e Mn aumentaram em função da adubação potássica, enquanto os teores de Mg, no segundo e quarto ciclos, diminuíram em função dessa adubação.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Brasileira De Fruticultura. Jaboticabal Sp: Soc Brasileira Fruticultura, v. 37, n. 1, p. 210-219, 2015.

Itens relacionados