Híbridos de eucalipto sob diferentes regimes hídricos em vasos e crescimento no campo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-02-22

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O eucalipto apresenta crescimento rápido e boa adaptação às condições edafobioclimáticas brasileiras, constituindo-se na principal opção comercial para a oferta de madeira para diversos usos. Objetivou-se com este trabalho avaliar, em híbridos de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla, características de crescimento, fisiológicas e bioquímicas sob diferentes condições de disponibilidade hídrica e o crescimento inicial dos híbridos em campo. Foram avaliados cinco híbridos comerciais de eucalipto (H1, H2, H3, H4 e H5) em três experimentos diferentes. O primeiro experimento foi conduzido em vasos sob quatro condições de umidade do solo que foram determinados com base na capacidade máxima de retenção de água pelo substrato de forma a mantê-lo com 65%, 50%, 35% e 20% desta capacidade de retenção até o final do experimento, que durou 120 dias desde o plantio. Foram avaliadas nesse experimento as seguintes características de crescimento: altura, diâmetro do coleto, número de folhas, área foliar e massa seca de folhas, de caule + ramos, de raízes, da parte aérea e total e relação raiz/parte aérea; fisiológicas: taxas de fotossíntese líquida, condutância estomática, transpiração, número de estômatos, teor relativo de clorofila total, rendimento fotoquímico máximo do fotossistema II, eficiência de uso da água, eficiência instantânea da transpiração e potencial hídrico foliar e bioquímicas: quantificação de prolina e glicina. O segundo experimento, também em vasos, avaliou a sobrevivência dos cinco híbridos de eucalipto após a suspensão da irrigação. Além das características de crescimento e de trocas gasosas foi também computado o intervalo de tempo para a morte dos híbridos. Num terceiro experimento, os híbridos foram cultivados...
The eucalyptusgrows rapidly andadapts well to Brazilian edaphic andbioclimatic conditions. Itis the leading commercialoption for producing timber with a wide variety of uses. The objective of the research was toevaluate, in hybrids of Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla, growth, physiologic and biochemical characteristics underdifferent conditions of availability of water and initial growth of hybrids in the field. Five commercial Eucalyptus hybrids(H1, H2, H3, H4 and H5) wereevaluated in three different experiments. The first one wasconducted inpots under foursoil moisture. The conditions were determinedbasedon the maximum capacityof water retention by substrate in order to keep it at65%, 50%, 35% and 20% of this capacity retention until the endof the experiment, whichlasted for 120 days since planting. In thisexperiment it was evaluatedgrowth characteristics asfollows:height, stemdiameter, number of leaves, leaf area anddryweight of leaves,stem + branches, roots, shootsand totalandrelation root / shoot in experimentsgreenhouse and height in the field experiment; physiological: ratesof net photosynthesis, stomatal conductance, transpiration,number of stomata, relative content of chlorophyll, maximum photochemical efficiency of photosystem II, efficienceof water use and leaf water potential; and biochemical: quantificationofprolineand glycine.Thesecond experiment, alsoconducted in pots evaluated the survival of five hybrids of eucalyptus after the suspension of irrigation. In addition the growth characteristics and gas exchange was also counted the range time for the death of hybrids. In the third experiment, the hybrids...(Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Eucalipto, Arvores - Crescimento, Irrigação com déficit hídrico, Prolina, Trees - Growth

Como citar

SILVA, Claudia Denise. Híbridos de eucalipto sob diferentes regimes hídricos em vasos e crescimento no campo. 2013. viii, 57 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal, 2013.