Qualidade do óleo bruto de grãos de crambe (Crambe abyssinica Hochst) sob diferentes métodos de secagem

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The Culture of crambe became promising since its grains presents high oil content. The methods of drying may influence the quality of crude oil extracted from the beans, depending on the way it is managed. This study goal was to evaluate the influence of different drying methods on the quality of the crude oil extracted from crambe grain. The experimental design was completely randomized with five treatments (drying with heated air, natural air, yard, shade, and at the field), and with four tests for each. In order to check the quality of the grains, we performed an analysis of fat acidity, and to evaluate the crude oil quality, we conducted analysis of iodine value, acid value, water content, density at 20ºC, and a kinematic viscosity at 40°. After obtaining the data, the results were submitted to analysis of variance. When significant means were detected, they were compared by t-test (p ≤ 0.05). The method of drying with heated air provided a lower rate of fatty acid in grains. The drying methods evaluated did not compromise the quality of the oil extracted from the crambe grain.

Resumo (português)

A cultura do crambe tornou-se promissora por apresentar um elevado teor de óleo presente nos grãos. Os métodos de secagem podem influenciar, dependendo do manejo adotado, a qualidade do óleo bruto extraído dos grãos. O trabalho objetivou avaliar a influência de diferentes métodos de secagem sobre a qualidade do óleo bruto extraído dos grãos de crambe. O delineamento experimental empregado foi inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (secagem com ar aquecido, ar natural, terreiro, sombra e campo), com quatro repetições. Para verificar a qualidade dos grãos foi realizada a análise da acidez graxa, e no óleo bruto, foram realizadas as análises de índice de iodo, índice de acidez, teor de água, massa específica a 20ºC e viscosidade cinemática a 40ºC. Após obtenção dos dados, os resultados foram submetidos à análise de variância e quando significativo às médias foram comparadas pelo teste “t” (p≤0,05). A secagem com ar aquecido proporcionou menor índice de ácidos graxos nos grãos. Os métodos de secagem avaliados não comprometeram a qualidade do óleo extraído dos grãos da cultura do crambe.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Energia na Agricultura, v. 28, n. 3, p. 193-199, 2013.

Itens relacionados

Financiadores