Users’ satisfaction with the public dental service: the discovery of new patterns

dc.contributor.authorFadel, Cristina Berger
dc.contributor.authorBordin, Danielle
dc.contributor.authorSantos, Celso Bilynkievycz Dos
dc.contributor.authorCarvalho, Deborah Ribeiro
dc.contributor.authorMoimaz, Suzely Adas Saliba
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Ponta Grossa
dc.contributor.institutionUniversidade Tecnológica Federal do Paraná
dc.contributor.institutionPontifícia Universidade Católica
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de São Paulo
dc.date.accessioned2019-10-03T17:31:32Z
dc.date.available2019-10-03T17:31:32Z
dc.date.issued2019-06-01
dc.description.abstractAbstractBackground Regarding to oral health, little has been advanced on how to improve quality within dental care.Objective The aim of this study was to identify the demographic factors affecting the satisfaction of users of the dental public service having the value of a strategic and high consistency methodology.Method The Data Mining was used to a secondary database, contemplating 91 features, segmental in 9 demographic factors, 17 facets, and 5 dominions. Descriptive statistics were extracted to a demographic data and the satisfaction of the users by facets and dominions, being discovered as from Decision Trees and Association Rules.Results the analysis of the results showed the relation between the demographic factor 'professional occupation' and satisfaction, in all of the dominions. The occupations of general assistant and home assistant with daily wage stood out in Association Rules to represent the lower level of satisfaction compared to the facets that were worse evaluated. Also, the factor ‘health unit's name’ showed relation with most of the investigated dominions. The difference between health units was even more evident through the Association Rule.Conclusion The Data Mining allowed to identify complementary relations to the user's perception about the public oral health services quality, constituting a safe tool to support the management of Brazilian public health and the basis of future plans.en
dc.description.abstractResumoIntrodução Em relação à saúde bucal, pouco se avançou sobre como melhorar a qualidade no atendimento odontológico.Objetivo O objetivo deste estudo foi identificar fatores demográficos que afetam a satisfação de usuários do serviço público odontológico, sob a análise de uma metodologia estratégica e de alta consistência.Método Aplicou-se a Mineração de Dados sobre um banco de informações secundárias, contemplando 91 características, as quais foram segmentadas em 9 fatores demográficos, 17 facetas e 5 domínios. Estatísticas descritivas foram extraídas dos dados demográficos e a satisfação dos usuários foi exposta por meio de facetas e domínios, sendo apresentados a partir de Árvores de Decisão e Regras de Associação.Resultados A análise dos resultados mostra relação entre o fator demográfico 'ocupação profissional' e a satisfação do usuário, em todos os domínios. As ocupações de assistente geral e empregado doméstico com salário diário destacaram-se nas Regras de Associação para representar o menor nível de satisfação em relação às facetas que foram mais mal avaliadas. De forma complementar, o fator 'nome da unidade de saúde' expôs relação com a maioria dos domínios investigados. A diferença entre as unidades de saúde mostrou-se ainda mais evidente por meio da Regra de Associação.Conclusão A Mineração de Dados permitiu identificar relações complementares à percepção do usuário sobre a qualidade dos serviços públicos de saúde bucal, constituindo-se em ferramenta segura para subsidiar a gestão da saúde pública brasileira e a base de planos futuros.pt
dc.description.affiliationUniversidade Estadual de Ponta Grossa
dc.description.affiliationUniversidade Tecnológica Federal do Paraná
dc.description.affiliationPontifícia Universidade Católica
dc.description.affiliationUniversidade Estadual de São Paulo
dc.format.extent172-181
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/1414-462x201900020008
dc.identifier.citationCadernos Saúde Coletiva. Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 27, n. 2, p. 172-181, 2019.
dc.identifier.doi10.1590/1414-462x201900020008
dc.identifier.fileS1414-462X2019000200172.pdf
dc.identifier.issn1414-462X
dc.identifier.scieloS1414-462X2019000200172
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/183763
dc.language.isoeng
dc.publisherInstituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro
dc.relation.ispartofCadernos Saúde Coletiva
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceSciELO
dc.subjectevaluation of the health serviceen
dc.subjectsatisfactionen
dc.subjectdental careen
dc.subjectdata miningen
dc.subjectavaliação do serviço de saúdept
dc.subjectsatisfaçãopt
dc.subjectodontologiapt
dc.subjectmineração de dadospt
dc.titleUsers’ satisfaction with the public dental service: the discovery of new patternsen
dc.title.alternativeSatisfação de usuários com o serviço público odontológico: a descoberta de novos padrõespt
dc.typeArtigo

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
S1414-462X2019000200172.pdf
Tamanho:
2.2 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format

Coleções