Doses de Bradyrhizobium japonicum e Azospirillum brasilense no desenvolvimento das plantas, na produção e na qualidade fisiológica de sementes de soja

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-02-13

Autores

Garcia, Ariani [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Soybean (Glycine max (L.) Merrill) is one of the most important crops in the world economy. In Brazil, soybean inoculation with fixing bacteria atmospheric nitrogen is essential, and eliminates the need to additional fertilizers with nitrogen, generating savings of approximately $ 3 million for the country. Use of Azospirillum brasilense has been used in conjunction with Bradyrhizobium to optimize nodulation and generate positive responses in productivity and quality beans. Thus, the study aimed to evaluate the effects of doses of Bradyrhizobium japonicum and Azospirillum brasilense in plant development, production and physiological quality of soybean seeds. The study was conducted at UNESP experimental area - Ilha Solteira, located in Selvíria (MS), with experimental design of arranged randomized blocks in a 3x4 factorial design with four replications, in two soybean cultivars (TMG 1179RR and TMG 4182). The treatments were: Bradyrhizobium japonicum (without inoculation, 100 mL ha -1 and 200 mL ha -1 ) and Azospirillum brasilense (without inoculation, 100 mL ha -1, 200 mL ha -1 and 400 mL ha -1 ). Seeds were sown in December 2013, manually. They were analyzed: foliar nutritional content, root system, yield components, productivity and physiological quality of soybean seeds obtained. In conclusion: The Azospirillum brasilense increased the foliar content of calcium and nitrogen content and crude protein seed soy TMG 1179RR; inoculation of soybean isolated Azospirillum brasilense or co-inoculation significantly influences the performance of morphophysiological roots and provides increased nodulation by soybean plants; Azospirillum brasilense the use of co-inoculation with Bradyrhizobium japonicum at a dose of 200 mL ha -1 of each inoculant gave increase of 2,403.9 kg ha -1 in the yield of soybean cv. TMG 1179RR compared to the control (without inoculation of both); and that inoculation did not ...
A soja (Glycine max (L.) Merril) é uma das mais importantes culturas na economia mundial. No Brasil, a inoculação de sementes de soja com bactérias fixadoras de nitrogênio atmosférico é essencial, e dispensa a necessidade de adubação complementar com nitrogênio, gerando uma economia de aproximadamente 3 milhões de dólares para o país. O uso de Azospirillum brasilense tem sido utilizado em conjunto com o Bradyrhizobium a fim de otimizar a nodulação e gerar respostas positivas em produtividade e qualidade de grãos. Dessa forma, o trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos de doses de Bradyrhizobium japonicum e Azospirillum brasilense no desenvolvimento das plantas, produção e qualidade fisiológica de sementes de soja. O trabalho foi desenvolvido em área experimental da UNESP - Ilha Solteira, localizada no município de Selvíria (MS), com delineamento experimental de blocos casualizados dispostos em um esquema fatorial 3x4, com quatro repetições, em dois cultivares de soja (TMG 1179RR e TMG 4182). Os tratamentos foram constituídos por: Bradyrhizobium japonicum (testemunha sem inoculação, 100 ml ha -1 e 200 ml ml ha -1 ) e Azospirillum brasilense (testemunha sem inoculação, 100 ml ha -1, 200 ml ha -1 e 400 ml ha -1 ). A semeadura foi realizada em dezembro de 2013, manualmente. Foram analisados: os teores nutricionais foliares, sistema radicular, componentes de produção, produtividade e qualidade fisiológica de sementes de soja obtidas. Concluiu-se que: O Azospirillum brasilense aumentou o teor foliar de cálcio e o teor de nitrogênio e proteína bruta das sementes da soja TMG 1179RR; a inoculação da soja com Azospirillum brasilense isolada ou em co-inoculação influencia significativamente o desempenho morfofisiológico das raízes e proporciona maior nodulação pelas plantas da soja; o uso de Azospirillum brasilense em co-inoculação com Bradyrhizobium japonicum...

Descrição

Palavras-chave

Sementes - Qualidade, Nitrogenio - Fixação, Inoculação, Inoculation

Como citar

GARCIA, Ariani. Doses de Bradyrhizobium japonicum e Azospirillum brasilense no desenvolvimento das plantas, na produção e na qualidade fisiológica de sementes de soja. 2015. 54 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Fiho, Faculdade de Engenharia, 2015.