Brecha social y mediática en la comunicación en el desarrollo del fútbol femenino de Ecuador

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-09-28

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

En Ecuador, los equipos de fútbol masculino y femenino tienen asimetrías, aunque ambos son profesionales. Mientras que un jugador de un equipo de hombres de primera división gana en promedio al menos USD5,000, una jugadora de un equipo de mujeres gana un máximo de USD 400 (salario básico de Ecuador). Esta notable diferencia también se refleja en la gestión de la comunicación de los equipos, en la gestión de cada uno de ellos, en la posibilidad de establecerse en el mercado y generar ingresos, entre otros aspectos. En este trabajo se analizarán datos y estadísticas recolectados durante un año en dos equipos de fútbol: uno masculino, Club Deportivo El Nacional; y uno femenino, Quito FC, ambos de primera división, para determinar los aspectos más importantes para la existencia de esta brecha entre equipos masculinos y femeninos, y posibles soluciones para que estas diferencias puedan reducirse. Durante la investigación se abordaron todos los aspectos que engloban el fútbol y que han sido o no determinantes y que permitirán, no solo conocer el porqué de la situación actual en la que se encuentra el fútbol femenino, sino también entender por qué el fútbol es considerado un deporte de masa.
No Equador, as seleções de futebol masculino e feminino apresentam assimetrias, embora ambas sejam profissionais. Enquanto um jogador de um time masculino da primeira divisão ganha em média pelo menos USD 5.000, um jogador de um time feminino ganha no máximo USD 400 (salário básico do Equador). Esta notável diferença reflecte-se também na gestão da comunicação das equipas, na gestão de cada uma delas, na possibilidade de se estabelecerem no mercado e gerarem rendimentos, entre outros aspectos. Neste trabalho serão analisados dados e estatísticas coletados durante um ano em dois times de futebol: um masculino, Club Deportivo El Nacional; e uma equipe feminina, o Quito FC, ambas da primeira divisão, para determinar os aspectos mais importantes para a existência desta lacuna entre as equipes masculina e feminina, e possíveis soluções para que essas diferenças possam ser reduzidas. Durante a investigação foram abordados todos os aspectos que englobam o futebol e que foram decisivos ou não e que nos permitirão não só saber a razão da actual situação em que se encontra o futebol feminino, mas também compreender porque é que o futebol é considerado um esporte de massa.
In Ecuador, the men's and women's soccer teams have asymmetries, although both are professional. While a player on a first division men's team earns on average at least USD $5,000, a player on a women's team earns a maximum of $400 (Ecuador's basic salary). This notable difference is also reflected in the management of team communication, in the management of each of them, in the possibility of establishing themselves in the market and generating income, among other aspects. In this work, data and statistics collected during a year in two soccer teams will be analyzed: one for men, Club Deportivo El Nacional; and a women's team, Quito FC, both in the first division, to determine the most important aspects for the existence of this gap between men's and women's teams, and possible solutions so that these differences can be reduced. During the investigation, all the aspects that encompass football were addressed and that have been decisive or not and that will allow us not only to know the reason for the current situation in which women's football finds itself, but also to understand why football is considered a mass sport.

Descrição

Palavras-chave

Futebol masculino, Futebol feminino, Futebol profissional, Convergência, Mídia, Redes sociais, Equador, Gestão da comunicação, Agenda 2023, Midia e tecnologia

Como citar

FLORES TRUJILLO, D. S. Brecha social y mediática en la comunicación en el desarrollo del fútbol femenino de Ecuador. 44 p. 2023. Dissertação (Mestrado em Mídia e Tecnologia) - Faculdade de Arquitetura, Artes, Comunicação e Design, Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2023