Mulheres no poder: forma de vida do ator mulher executiva contemporânea na revista VOCÊ S/A

dc.contributor.advisorNascimento, Edna Maria Fernandes dos Santos [UNESP]
dc.contributor.authorOliveira, Raíssa Medici de [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2015-03-03T11:52:38Z
dc.date.available2015-03-03T11:52:38Z
dc.date.issued2014-03-13
dc.description.abstractEsta dissertação tem como objetivo principal verificar de que modo está configurada a forma de vida do ator mulher executiva contemporânea na revista VOCÊ S/A. Para tanto, compreendeu-se a necessidade de investigar o conceito de forma de vida em semiótica e, para fazê-lo, optou-se por reconstruir uma parte da teoria: seus postulados fundamentais no âmbito da semiótica narrativa e discursiva e seus desdobramentos mais recentes no âmbito da semiótica do sensível, inaugurada com Da Imperfeição. De posse do referencial teórico, passou-se a investigar os textos que compõem o corpus de pesquisa: matérias jornalísticas e artigos de opinião em que figura o ator mulher executiva contemporânea. Inicialmente, buscou-se compreender como é construído o ator mulher executiva contemporânea no periódico e como é a forma de vida que a ele se atribui. Nesse sentido, foi possível, com a investigação do jogo estabelecido entre enunciador-enunciatário, não somente depreender essa forma de vida, mas também contrastá-la com a forma de vida do ator mulher executiva de outros tempos. Foi desse modo que se estabeleceu o percurso de inserção e permanência do ator mulher executiva contemporânea no cenário corporativo: um percurso marcado pela mudança/transformação dos valores inicialmente definidos pelo/para o mundo corporativo. Assim sendo, verificou-se que o ator mulher executiva contemporânea é dotado dos papéis temáticos de executiva, mãe, esposa e mulher, e tem sua forma de vida marcada pela valorização da maternidade e do jeito feminino na carreira executiva. Em seguida, passou-se a examinar a questão do poder feminino e, nesse exame, também se investigou uma possível padronização da figura feminina pela masculina. Foi dessa forma que se estabeleceu o percurso de empoderamento do ator e chegou-se à conclusão de que o poder do ator mulher executiva contemporânea é um poder ameno, marcado mais pela conciliação ...pt
dc.description.abstractThis dissertation aims at verifying how the form of life of the actor contemporary executive woman is configured in the magazine VOCÊ S/A. Accordingly, it was understood the need to investigate the concept of form of life in semiotics and, to do so, it was decided to rebuild part of the theory: its fundamental postulates within the narrative and discursive semiotics and its recent developments in the context of sensitive semiotics, inaugurated with Of the imperfection. After organizing the theoretical framework, the investigation of our corpus started: news reports and opinion articles in which the actor contemporary executive woman is portrayed. First of all, the research aimed at understanding how the actor contemporary executive woman is built in the magazine and how the form of life attributed to him (the actor) is. In this way, it was possible, with the investigation of the game established between enunciator and enunciatee, not only comprehend this form of life, but also contrast it with the form of life of the actor contemporary executive woman from other times. In doing so, it was attested the insertion and permanency path of the actor executive contemporary woman in the corporate scene: a path marked by the change/transformation of the values initially defined by the corporate world. That means the verification that the actor contemporary executive woman is gifted with the thematic roles of professional executive, mother, wife and woman, and that his form of life is marked by the valuation of the maternity and of the feminine manners in the executive career. Secondly, it was examined the female power issue and, in doing so, it was also examined a possible standardization of the feminine figure by the masculine one. Therefore, by attesting the empowerment path of the actor contemporary executive woman, the study came to conclusion that his power is a mild one, even more marked by the conciliation of the roles and by the ...en
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.description.sponsorshipIdFAPESP: 2012/13012-4
dc.format.extent164 f. : il. (algumas color.)
dc.identifier.aleph000805759
dc.identifier.capes33004030009P4
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Raíssa Medici de. Mulheres no poder: forma de vida do ator mulher executiva contemporânea na revista VOCÊ S/A. 2014. 164 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciencias e Letras (Campus de Araraquara), 2014.
dc.identifier.file000805759.pdf
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/115866
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectLinguísticapt
dc.subjectSemioticapt
dc.subjectInteração socialpt
dc.subjectTrabalho femininopt
dc.subjectExecutivaspt
dc.subjectLinguisticspt
dc.titleMulheres no poder: forma de vida do ator mulher executiva contemporânea na revista VOCÊ S/Apt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
unesp.graduateProgramLinguística e Língua Portuguesa - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaSemióticapt
unesp.researchAreaEstrutura, organização e funcionamento discursivos e textuaispt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
000805759.pdf
Tamanho:
1.59 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format