Resposta imunológica e desempenho de cordeiros lactentes Santa Inês e Ile de France infectados artificialmente com Haemonchus contortus

dc.contributor.advisorAmarante, Alessandro Francisco Talamini do [UNESP]
dc.contributor.advisorAlmeida, Fabiana Alves de
dc.contributor.authorLins, José Gabriel Gonçalves
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2020-03-02T17:25:47Z
dc.date.available2020-03-02T17:25:47Z
dc.date.issued2020-02-21
dc.description.abstractHaemonchus contortus é o principal parasita gastrintestinal de ovinos criados em áreas tropicais e subtropicais. Este estudo objetivou avaliar a resposta imunológica de cordeiros lactentes das raças Santa Inês (SI) e Ile de France (IF) submetidos a infecções seriadas com H. contortus. Quatorze cordeiros SI e 12 cordeiros IF, foram distribuídos em quatro grupos: SI infectado (n=8), SI não infectado (n=6), IF infectado (n=8) e IF não infectado (n=4). Cordeiros dos grupos infectados foram submetidos a 27 infecções, realizadas a cada dois dias, do 14º até 68º dia de vida, com um total de 5400 larvas infectantes (L3) de H. contortus por animal. Aos 68 dias de vida, os cordeiros foram eutanaziados para recuperação de parasitas do abomaso, coleta de muco, tecido e linfonodos abomasais. Cordeiros SI apresentaram menores médias de ovos por grama de fezes em todos os momentos avaliados, e a partir dos 50 dias de idade, três cordeiros SI infectados deixaram de eliminar ovos nas fezes. Em média, a taxa de estabelecimento das L3 foi de 22,9% nos cordeiros IF e de 11,1% nos SI. O peso médio dos linfonodos abomasais de cordeiros SI infectados foi significativamente maior que dos demais grupos. Em comparação com os cordeiros IF infectados, os SI apresentaram número maior de eosinófilos, mastócitos e leucócitos globulares nos tecidos abomasais (P<0,05). Em conclusão, mecanismos envolvendo resposta celular local têm relação com a elevada resistência de cordeiros SI às infecções por H. contortus nas primeiras semanas de vida.pt
dc.description.abstractHaemonchus contortus is the major gastrointestinal parasite of sheep raised in tropical and subtropical areas worldwide. This trial aimed to evaluate the immune response of Santa Inês (SI) and Ile de France (IF) suckling lambs serially infected with Haemonchus contortus. Fourteen SI lambs and 12 IF lambs were randomized in four groups: infected SI (n=8), non-infected SI (n=6), infected IF (n=8) and non-infected IF (n=4). Lambs of infected groups were submitted to 27 infections, conducted every two days, from 14 to 68 days of age, and each lamb received 5400 H. contortus infective larvae (L3). At 68 days of age, lambs were euthanized for recovering abomasal parasites, collection of mucus, tissue sample and abomasal lymph nodes. SI lambs had the lowest eggs per gram of faeces (EPG) means in all samplings, and from 50 days old, three SI lambs stopped shedding eggs on faces. L3 establishment rate average for IF lambs was 22.9% and 11.1% for SI lambs. Infected SI lambs had higher abomasal lymph node weight than the other groups. Compared to Infected IF lambs, infected SI presented the highest counts of eosinophils, mast cells and globule leukocytes in the abomasums tissues (P<0.05). Finally, mechanisms involving local cellular response are intended to confer resistance to SI lambs against H. contortus infections in the first weeks of life.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipIdCAPES: 001
dc.identifier.aleph000929324
dc.identifier.capes33004064022P3
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/191709
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.subjectHelmintosespt
dc.subjectResposta Imunept
dc.subjectParasitas gastrintestinaispt
dc.subjectOvinoculturapt
dc.subjectHelminthiasisen
dc.subjectImmune responseen
dc.subjectGastrointestinal parasitesen
dc.subjectSheep farmingen
dc.titleResposta imunológica e desempenho de cordeiros lactentes Santa Inês e Ile de France infectados artificialmente com Haemonchus contortuspt
dc.title.alternativeImmune response and performance of Santa Inês and Ile de France suckling lambs artificially infected with Haemonchus contortusen
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatupt
unesp.embargo24 meses após a data da defesapt
unesp.examinationboard.typeBanca públicapt
unesp.graduateProgramMedicina Veterinária - FMVZpt
unesp.knowledgeAreaMedicina veterinária preventiva e produção animalpt
unesp.researchAreaEnfermidades parasitáriaspt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 2 de 2
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
lins_jgg_me_bot_par.pdf
Tamanho:
601.48 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
lins_jgg_me_bot_int.pdf
Tamanho:
2.47 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
3.03 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: