Um estudo sobre o papel da cultura organizacional no desenvolvimento e controle de sistemas de gestão integrado

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-12-07

Orientador

Oliveira, Otávio José de

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Engenharia de Produção Mecânica - FEG

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

An integrated management system (IMS) is a management tool that contributes to the improvement of efficiency in companies regarding environmental performance, quality, occupational safety and health, social responsibility issues, among others. It is a system that supports the structure of environmental management systems (ISO 14001), quality management system (ISO 9001), occupational health and safety system (OHSAS 18001) and corporate social responsibility system (SA 8000) or any other system integrated company. Organizational culture, in turn, describes the notion of values, beliefs, attitudes, and assumptions that are shared among members of a company that are used to perform routine tasks and to generate good social relationship. The implementation of an IMS, due to its high structuring, will impact the company's procedures, bureaucracy, accomplishment of tasks, habits of the members, among many other factors, that is, it will have a great impact on the organizational culture. In addition to this, the presence of a conservative and reactive culture could hinder the integration of systems, rejecting the system due to the maintenance of old habits and traditions that prevent the advance of new management tools. The objective of this research is to analyze the synergies and antagonisms of the organizational culture with the integrated management systems, through deep literature analysis and a case study in an industrial company. From the analysis of the literature, a matrix of correlation was elaborated between the IMS and organizational culture pillars, allowing to observe theoretical relations among the studied subjects. In addition, a case study was carried out in an industrial company, which was related to the proposed theoretical matrix and analyzes were made that support the formation of the proposed framework of synergies ... (Complete abstract click electronic access below)

Resumo (português)

Um sistema de gestão integrado (SGI) é uma ferramenta de gestão que contribui para uma melhoria de eficiência nas empresas em relação a questões ambientais, de qualidade, de segurança e saúde no trabalho e de responsabilidade social, entre outras. É uma base que suporta a estrutura dos sistemas de gestão ambiental (ISO 14001), de qualidade (ISO 9001), de saúde e segurança ocupacional (OHSAS 18001) e de responsabilidade social corporativa (SA 8000) ou qualquer outro sistema integrável da empresa. A cultura organizacional, por sua vez, descreve a noção de valores, crenças, atitudes e suposições que são compartilhados entre os membros de uma empresa, que são utilizadas para a realização de tarefas rotineiras e para gerar uma boa relação social. A implantação de um SGI, por sua elevada estruturação, causará mudança nos procedimentos da empresa, em sua burocracia, na realização de tarefas, nos hábitos dos membros, entre tantos outros fatores, ou seja, terá grande impacto sobre a cultura organizacional. Somado a isso, a presença de uma cultura conservadora e reativa poderá prejudicar a integração dos sistemas, podendo haver rejeição ao sistema devido à manutenção de costumes e tradições ultrapassadas que impeçam o avanço de novas ferramentas de gestão. O objetivo desta pesquisa é analisar as sinergias e antagonismos da cultura organizacional com os sistemas de gestão integrado, por meio de análise profunda da literatura e um estudo de caso em uma empresa industrial. A partir de análise da literatura, foi elaborada uma matriz de correlação entre os pilares do SGI e da cultura organizacional, permitindo observar relações teóricas entre os temas estudados. Somado a isso, foi realizado um estudo de caso em uma empresa industrial, que foi relacionado com a matriz teórica proposta e foram feitas ... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)

Descrição

Idioma

unesp.idiomas.undefined

Como citar

SANTOS, Gabriel Romão dos. Um estudo sobre o papel da cultura organizacional no desenvolvimento e controle de sistemas de gestão integrado. 2018. 50 f. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Engenharia de Produução Mecânica) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, 2018.

Itens relacionados

Financiadores