Características agronômicas de cultivares de milho em função da população de plantas e épocas de semeadura

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2014

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Editorial

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

The yield increases with the increase in plant population until the optimum is reached, determined by the characteristics of the cultivar interacting with cultural practices and environmental conditions. This experiment was aimed to evaluate the productivity of two cultivars of maize sown in different seasons and plant populations in the second crop. The experiment was conducted in Argissolo Vermelho Amarelo in Pompeia (SP), on second crop in 2010. Experimental design was a randomized complete block design in a factorial 2 x 4 x 3, two hybrids (DKB 393 and 330), four populations plant (30,000; 45,000; 60,000 and 75,000 pl ha-1 ) and three months of sowing (January, February and March), with four replications in plots of seven lines (12 m), spaced 0.45 m. For sowing in January, February and March, the maximum yields were obtained with the population of 70,856; 51,745 and 50,446 pl ha-1 , respectively. The hybrid DKB 393 showed higher productivity, being more adapted to the conditions of second crop. Increasing plant population of 30 000 to 75 000 plants per hectare, reduced the number of leaves and productivity. Sowing in March gave the lowest yield and plants with fewer leaves. Keywords: Zea Mays (L); plants density; yield.

Resumo (português)

O rendimento de grãos aumenta de acordo com o acréscimo da população de plantas, até que seja alcançado o ponto ótimo, determinado pelas características do cultivar interagindo com o manejo cultural e as condições edafoclimáticas. Este trabalho foi conduzido objetivando-se avaliar a produtividade de dois cultivares de milho, semeadas em diferentes épocas e populações de plantas, na safrinha. O experimento foi conduzido em Argissolo Vermelho Amarelo, em Pompeia (SP), na safrinha de 2010. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados, em esquema fatorial 2 x 4 x 3, sendo dois híbridos (DKB 393 e 330), quatro populações de plantas (30.000; 45.000; 60.000 e 75.000 pl ha-1 ) e três meses de semeadura (janeiro, fevereiro e março), com quatro repetições, em parcelas de sete linhas (12 m), espaçadas de 0,45 m. Para as semeaduras em janeiro, fevereiro e março, as máximas produtividades foram obtidas com as populações de 70.856; 51.745 e 50.446 pl ha-1 , respectivamente. O híbrido DKB 393 apresentou maior produtividade, mostrando-se mais adaptado às condições da safrinha. O aumento da população de plantas de 30 mil para 75 mil plantas por hectare, reduziu o número de folhas e a produtividade. A semeadura em março proporcionou a menor produtividade e plantas com menos folhas.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Científica Eletrônica de Agronomia, v. 25, n. 1, p. 17-33, 2014.

Itens relacionados

Financiadores