Dois ensaios sobre a institucionalização da Matemática aplicada no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-11-13

Autores

Anjos, Marta Figueredo dos [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta tese tem como objeto de estudo a institucionalização da matemática aplicada no Brasil. Para tanto, apresentamos dois ensaios, os quais têm o objetivo de mostrar alguns elementos constituintes da referida institucionalização. Assim, por meio de entrevistas, cartas, fotos e músicas partimos para a construção dos documentos, para tanto nos guiamos pelos preceitos metodológicos da história cultural capturados, particularmente nos escritos de Peter Burke(2005) e Carlo Ginzburg (2002). Nesse sentido, promovemos problematizações acerca dos acontecimentos sociopolíticos das décadas de 1930 a 1980, no Brasil. No Primeiro ensaio, apresentamos uma análise de quatro instâncias sociais, a saber: o ensino, a pesquisa, a divulgação e a aplicação do conhecimento, os quais foram compreendidos, a partir dos estudos de Whiltey (1980), Bazi e Silveira (2007) e Alfonso - Goldfarb e Ferraz (2002), como elementos fundamentais para avaliação do processo de institucionalização de uma ciência. Por meio dessa análise, empreendemos um exercício de releitura de eventos históricos, envolvendo as décadas de 1930 a 1980. O referido exercício mostrou que a institucionalização da matemática aplicada no Brasil se estabeleceu em um ambiente multidisciplinar/interdisciplinar, por meio da articulação e consolidação dos elementos supracitados. Evidentemente, seguiu os contornos estabelecidos por uma prática científica própria das relações culturais brasileiras, construída por meio das novas demandas, fossem elas da industrialização ou das necessidades de adequação ao contexto da II Guerra Mundial, bem como do impacto da computação no contexto da prática científica. Já o Segundo ensaio visa apresentar apreciações a respeito da constituição e da consolidação da Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC), como marco político da institucionalização desse campo de conhecimento no Brasil. Para isso, estudamos alguns momentos que antecederam a criação da SBMAC, até o momento de sua consolidação; assim, os estudos vão dos anos iniciais da década 1970 a meados da década de 1980. Neste ensaio, evidenciamos a importância da organização política e as suas particularidades no contexto científico brasileiro, para a consolidação e articulação dos elementos necessários ao processo de institucionalização da matemática aplicada no Brasil. Concluindo, os dois ensaios trouxeram problematizações acerca do processo de institucionalização da desse campo de pesquisa, evidenciando tanto as particularidades advindas das relações sociais construídas no contexto brasileiro, bem como as similaridades com o contexto internacional.
This thesis aims to study the institutionalization of applied mathematics in Brazil. Therefore, we present two essays with the objective of showing some constituent elements of the referred institutionalization. Thus, through interviews, letters, photos and music, we began to construct the documents, so we are guided by the methodological precepts of cultural history captured, particularly in the writings of Peter Burke (2005) and Carlo Ginzburg (2002). With this, we promote problematizations about the sociopolitical events of the decades of 1930 to 1980, in Brazil. In the first essay we present an analysis of four social instances, namely: teaching, research, dissemination and application of knowledge, which were understood, according to studies by Whiltey (1980), Bazi and Silveira (2007) and Alfonso- Goldfarb and Ferraz (2002), as fundamental elements for the evaluation of the process of institutionalization of a science. Through this analysis we carried out an exercise in re-reading historical events involving the decades of 1930 and 1980, revealing that the institutionalization of applied mathematics in Brazil was established in a multidisciplinary/ interdisciplinary environment, through the articulation and consolidation of the aforementioned elements. Evidently, it followed the outlines established by a scientific practice proper to Brazilian cultural relations, built through the new demands - whether they were industrialization or the need to adapt to the context of World War II, as well as the impact of computing in the context of scientific practice. The second essay aims to present appreciations regarding the constitution and consolidation of the Society of Applied and Computational Mathematics (SBMAC) as a political framework for the institutionalization of this field of knowledge in Brazil. For that, we studied some moments that preceded the creation of the SBMAC until the period of its consolidation, that is, from the early 1970s to the mid-1980s. In this essay we highlight the importance of political organization - and its particularities in the Brazilian scientific context - for the consolidation and articulation of the necessary elements to the process of institutionalization of applied mathematics in Brazil. In conclusion, the two essays have brought up problematizations about the process of institutionalization of this field of research, highlighting both the particularities arising from the social relations constructed in the Brazilian context, as well as the similarities with the international context.

Descrição

Palavras-chave

Matemática aplicada, Brasil, Institucionalização, SBMAC, Applied Mathematics, Brazil, Institutionalization

Como citar