Requalificação das Praças Monsenhor Sarrion e Nove de Julho e o novo Terminal Urbano de Integração

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008

Autores

Mancini, Marcelo Tadeu [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The Center squares of the middle cities many times don’t have adapted forms to the uses, which change time-to-time, then they turn abased. Through the study case of the Squares Monsenhor Sarrion and Nove de Julho, public squares on Presidente Prudente downtown, where many types of uses occur in the same space with function of organization and reception of several fluxes generated because the centrality caused from downtown. In this context, is necessary re-project the squares, with new purpose of an urban and landscape project, which generates harmonic spaces of passage and permanence, which values the public edifications in the around areas and re-qualified the form of the squares, adapting to the new uses: To organize the public transportation traffic, the urban terminal; to organize the vehicles traffic, the lowering of the Avenue Coronel Marcondes and, mainly, to organize the traffic of pedestrian, the continuity and the physic integration of the squares, through new forms, urban furniture and design to the downtown public spaces
As praças centrais de cidades médias muitas vezes não possuem formas adaptadas aos usos, que se alteram de tempos em tempos, com isso tornam-se degradadas. Através do estudo de caso das Praças Monsenhor Sarrion e Nove de Julho, espaços públicos centrais de Presidente Prudente, onde diversos tipos de usos se misturam em um espaço com funções de organização e receptáculo de diversos fluxos gerados pela centralidade exercida pela área central da cidade. Neste contexto, observa-se a necessidade de se intervir na praça através de uma proposta de projeto urbano paisagístico que crie espaços harmônicos de passagem e permanência, que valorize as edificações públicas da área e do entorno e que requalifique as formas das praças adequando aos novos usos, como a organização dos fluxos do transporte coletivo, através do terminal urbano, do fluxo de veículos, com o rebaixamento da Avenida Coronel Marcondes e, sobretudo, dos pedestres com a continuidade e integração física entre as praças, através de novas formas, mobiliários urbanos e desenho para os espaços públicos centrais

Descrição

Palavras-chave

Arquitetura, Espaços publicos, Praças, Terminais (Transportes), Transportes coletivos

Como citar

MANCINI, Marcelo Tadeu. Requalificação das Praças Monsenhor Sarrion e Nove de Julho e o novo Terminal Urbano de Integração. 2008. 1 CD-ROM. , 2008.