Avaliação do efeito trombogênico da perfusão regional intravenosa com gentamicina em equinos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-02-16

Autores

Rafael, Leandro Américo [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os processos sépticos são complicações frequentes nas estruturas sinoviais e demais tecidos da porção distal dos membros de equinos. A perfusão regional intravenosa é uma opção terapêutica, que objetiva aumentar significativamente a concentração de antimicrobiano na porção distal ao posicionamento do torniquete. No entanto, alguns pontos ainda não estão totalmente esclarecidos e algumas complicações, como trombose venosa, podem ocorrer. Objetivou-se com este estudo avaliar o potencial trombogênico da perfusão regional de gentamicina, na dose de 2,2 mg/kg na veia cefálica de equinos. Utilizou-se 15 equinos hígidos, divididos em três grupos de cinco animais. Grupo 1, somente torniquete (GT), grupo 2, torniquete e 40 ml de solução fisiológica (GSF), grupo 3, torniquete e gentamicina na dose de 2,2 mg/kg e solução fisiológica até completar um volume de 40 ml (GSG). Um membro torácico de cada animal foi escolhido aleatoriamente para o tratamento e torniquete aplicado no terço médio proximal do rádio. Ultrassonografia Doppler foi realizada no membro testado imediatamente antes, 30 minutos, 2, 3, 4, 6, 12, 24, 48, 72 e 96 horas após o tratamento na veia cefálica e artéria mediana. A artéria mediana também foi avaliada aproximadamente 15 minutos após posicionamento do torniquete. A termografia foi realizada em ambos os membros em todos os momentos. Os dados foram avaliados por análise de variância com medidas repetidas, teste de Tukey de comparações múltiplas de médias para comparar os grupos e ajustado para Dunnett para comparar os momentos em relação ao momento M0. Significância foi aceito p <0,05. Todos os grupos apresentaram escore trombótico zero, não houve diferença significativa entre os grupos quanto à temperatura do membro e diâmetro médio da veia. A perfusão regional intravenosa com...
Septic processes are common in synovial structures and tissues of the distal limbs in horses. Regional intravenous perfusion is a therapeutic option that aims to significantly increase the antibiotic concentration in the limb, distal to the tourniquet. Nevertheless, some critical points remains unclear, and complication such as thrombosis may occur along this procedure. The purpose of this work was to assess the thrombogenic potential of regional intravenous perfusion after administration of gentamicin in the cephalic vein. Fifteen healthy horses were assigned to three groups of 5 animals. Group 1, tourniquet group (TG), group 2, tourniquet and 40 mL of physiologic saline solution (SPG) and group 3, tourniquet and 2.2 mg/kg gentamicin completed to 40 mL by addition of physiologic saline solution (ASG). One forelimb of each animal was randomly chosen for treatment and tourniquet applied at the proximal end of the radius. Doppler ultrasonography was performed in the treated limb immediately before and 30 minutes, 2, 3, 4, 6, 12, 24, 48, 72 and 96 hours after treatment in the cephalic vein and artery median. The median artery was also evaluated approximately 15 minutes after placement of the tourniquet. Thermography was performed in both limbs at all the moments. Data were assessed by analysis of variance with repeated measures, Tukey's multiple mean comparison test to compare the groups and Dunnett's multiple mean comparison test to compare the moments regarding M0. Significance was accepted at p <0.05. Thrombotic score was zero for the three groups; no difference was found between groups regarding temperature and mean vein diameter of the treated limb. Regional intravenous perfusion using a single dose... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Equino, Gentamicina, Trombose, Thrombosis, Gentamicin

Como citar

RAFAEL, Leandro Américo. Avaliação do efeito trombogênico da perfusão regional intravenosa com gentamicina em equinos. 2012. 85 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2012.