Produtividade e valor nutritivo em diferentes intervalos entre cortes da gliricídia

Imagem de Miniatura

Data

2022-02-23

Orientador

Soares Filho, Cecílio Viega

Coorientador

Pós-graduação

Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Animal - FCAT

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A utilização de forrageiras leguminosas passa a ser uma alternativa para a redução de custos, por apresentarem elevado teor de proteína digestível e elevada produção de biomassa. Objetivou-se avaliar a influência do intervalo de corte sob a gliricídia em relação a produção de massa seca, estrutura das plantas, os teores de proteína bruta (PB), fibra insolúvel em detergente neutro (FDN), fibra insolúvel em detergente ácido (FDA), digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS), teor e acúmulo de nitrogênio do ápice e das folhas da planta inteira. O experimento foi conduzido a campo em um delineamento experimental em blocos casualizados com três tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos foram compostos em três diferentes intervalos de cortes, sendo eles: dois meses; três meses e quatro meses. Houve diferença significativa nas plantas de gliricídia na produção total de massa seca com intervalo de corte de três meses superior aos demais. Para altura das plantas da gliricídia o intervalo de quatro meses, quando comparada com o intervalo de corte de dois e três meses foi superior. Analisando-se o nitrogênio da gliricídia no ápice observou-se que não houve diferença entre os tratamentos. Os teores de PB no ápice, com valor médio de 14,96%, para dois, três e quatro meses de intervalo entre cortes respectivamente, e constatou-se que não houve diferença estatística entre os tratamentos. O teor de PB de 14,67% no tratamento com três meses de intervalo entre corte nas folhas da planta inteira foi superior ao tratamento com dois meses de intervalo de corte. Não houve diferenças significativas em termo de valores de FDN respectivamente entre os tratamentos no ápice. Por sua vez o valor de FDN de 45,78% nas folhas da planta inteira no tratamento três meses de intervalo entre cortes deferiu dos demais foi maior. Não foram encontradas diferenças significativas entre os tratamentos em relação tanto ao FDA no ápice quanto ao FDA nas folhas da planta inteira. Quanto os valores da DIVMS não houve diferenças significativas nos três tratamentos no ápice quanto nas folhas. O intervalo de corte de 120 dias proporciona melhor crescimento, maior produção de massa de seca e acúmulo de nitrogênio tanto no ápice quanto nas folhas da planta inteira, mas o teor de PB foi superior no intervalo de 90 dias e o FDN no intervalo de 120 dias apenas nas folhas da planta inteira da gliricídia.

Resumo (português)

The use of leguminous forage becomes an alternative to reduce costs, as they have a high level of digestible protein and high biomass production. The aim of this study was to evaluate the influence of the cutting interval on gliricidia in relation to dry mass production, plant structure, crude protein (CP), neutral detergent insoluble fiber (NDF), acid detergent insoluble fiber (ADF), in vitro dry matter digestibility (DIVMS), nitrogen content and accumulation of the apex and leaves of the whole plant. The experiment was carried out in the field in a randomized block design with three treatments and five replications. The treatments were composed in three different cut intervals, namely: two months; three months and four months. There was a significant difference in the gliricidia plants in the total dry mass production with a cut interval of three months higher than the others. For the height of gliricidia plants, the interval of four months, when compared with the cutting interval of two and three months, was higher. Analyzing the nitrogen of gliricidia at the apex, it was observed that there was no difference between treatments. The CP contents at the apex, with an average value of 14.96%, for two, three and four months of interval between cuts respectively, and it was found that there was no statistical difference between treatments. The CP content of 14.67% in the treatment with a three-month cutting interval in the leaves of the whole plant was higher than the treatment with a two-month cutting interval. There were no significant differences in terms of NDF values respectively between treatments at apex. In turn, the NDF value of 45.78% in the leaves of the whole plant in the treatment three months of interval between cuts differed from the others was higher. No significant differences were found between treatments regarding both ADF at the apex and ADF in the leaves of the whole plant. As for the IVDM values, there were no significant differences in the three treatments at the apex and in the leaves. The cutting interval of 120 days provides better growth, greater production of dry mass and nitrogen accumulation both in the apex and in the leaves of the whole plant, but the CP content was higher in the interval of 90 days and the NDF in the interval of 120 days only on the leaves of the entire gliricidia plant.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados

Financiadores