Show simple item record

dc.contributor.advisorHiruma-Lima, Clélia Akiko [UNESP]
dc.contributor.authorArruda, Ana Paula Corrêa Castello Branco Nappi [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:30:54Z
dc.date.available2014-06-11T19:30:54Z
dc.date.issued2008-04-22
dc.identifier.citationARRUDA, Ana Paula Corrêa Castello Branco Nappi. Avaliação da atividade antiulcerogênica e tóxica dos estratos metanólicos e clorofórmico das folhas de Serjania erecta Radlk(Sapindaceae). 2008. 62 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Botucatu, 2008.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/100493
dc.description.abstractA planta Serjania erecta Radlk (SAPINDACEAE) é uma espécie endêmica da região de cerrado e apresenta como indicação popular a utilização de suas folhas para o tratamento de úlcera. A partir destas informações etnofarmacológicas os extratos metanólico e clorofórmico de suas folhas foram avaliados quanto a sua ação gastroprotetora e tóxica. Os dois extratos não apresentaram atividade tóxica no modelo de toxicidade aguda e em triagem hipocrática em modelos de animais in vivo e ambos apresentaram atividade gastroprotetora em modelo de indução de úlcera gástrica por etanol absoluto. O extrato clorofórmico (apolar) apresentou maior atividade gastroprotetora do que o extrato metanólico o que instigou a caracterização do mecanismo de ação deste extrato vegetal. A caracterização do mecanismo de ação foi realizada através de ensaios biológicos com o objetivo de se avaliar a ação antisecretória (ligadura de piloro) e o envolvimento de grupamentos sulfidrílicos, de óxido nítrico e das terminações nervosas sensíveis à capsaicina na gastroproteção. Foi constatado que este extrato não apresenta atividade anti-secretória e sua ação gastroprotetora ocorre por envolvimento dos grupamentos sulfidrílicos, via ativação de óxido nítrico e também das terminações nervosas sensíveis à capsaicina. A caracterização fitoquímica do extrato metanólico aponta para a presença de saponinas, taninos, flavonóides e terpenos. Já o extrato clorofórmico de S. erecta possui saponinas, poliisoprenóides, triterpenos que podem estar envolvidos na ação gastroprotetora do extrato. Estes resultados mostram o potencial efeito antiulcerôgenico do extrato apolar das folhas de S. erecta frente aos agentes ulcerogênicos mais comuns ao homem, porém, ainda são necessários outros estudos para definir a classe fitoquímica predominante que podem estar diretamente relacionado ao efeito gastroprotetor deste extrato.pt
dc.description.abstractSerjania erecta Radlk (SAPINDACEAE) plant is an endemic species originally found in the Brazilian savanna region with a popular use indicated to ulcer treatment. The known ethnopharmacological data about this plant has directed this work to an evaluation of the methanolic and chloroformic extracts made out of its leaves considering their gastroprotective and toxic actions. Both extracts have showed no toxic activity in the acute toxicity model and the hippocratic screening, both conducted for in vivo animal models. These extracts have also showed a gastroprotective activity in the absolute ethanol model for gastric ulcer induction. Since the chloroformic extract (apolar) has presented a higher gastroprotective action when compared to the methanolic extract, its mechanism of action characterization was deeply studied. This mechanism of action characterization was conducted with biological tests aiming to evaluate the antisecretory effect (pylorus ligature) and the involvement of sulfhydryl groups, nitric oxide and capsaicin sensory nerves. The chloroformic extract does not show antisecretory effect as well as gastroprotective action involving sulfhydryl groups and the activation of both the nitric oxide and the capsaicin sensory nerves. The phytochemistry characterization of the methanolic extract points to the presence of saponins, tannins, flavonoids and terpenes. The chloroformic extract, however, presents saponins, polyisoprenoids and triterpenes which may be involved in the mentioned gastroprotective action. These results show the high potential anti-ulcerogenic effect of the S. erecta apolar extract against the most common ulcerogenic agents for human beings. Additional studies are necessary in order to define the predominant phytochemistry class that may be directly related to the gastroprotective effect of this extract.en
dc.description.sponsorshipUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.format.extent62 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectMatéria médica vegetalpt
dc.subjectUlceras - Tratamentopt
dc.subjectGastroprotectionen
dc.subjectMedicinal planten
dc.subjectSapindaceaeen
dc.titleAvaliação da atividade antiulcerogênica e tóxica dos estratos metanólicos e clorofórmico das folhas de Serjania erecta Radlk(Sapindaceae)pt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramBiologia Geral e Aplicada - IBBpt
unesp.knowledgeAreaBiologiapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Biociências, Botucatupt
dc.identifier.aleph000559310
dc.identifier.filearruda_apccbn_me_botib.pdf
dc.identifier.capes33004064080P3
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record