Show simple item record

dc.contributor.advisorFreitas, Maria Isabel Castreghini de [UNESP]
dc.contributor.authorZacharias, Andréa Aparecida [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:33:21Z
dc.date.available2014-06-11T19:33:21Z
dc.date.issued2006-11-01
dc.identifier.citationZACHARIAS, Andréa Aparecida. A representação gráfica das unidades de paisagem no zoneamento ambiental: um estudo de caso no município de Ourinhos SP. 2006. 2 v. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas de Rio Claro, 2006.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/104436
dc.description.abstractEsta Tese propõe um estudo sobre A Representação Gráfica das Unidades de Paisagem no Zoneamento Ambiental, adotando como estudo de caso o Município de Ourinhos-SP. Sistematizada em seis capítulos, explicita no Capítulo I Introdução - as considerações iniciais acerca deste trabalho, discorrendo acerca das principais reflexões que motivaram o desenvolvimento da pesquisa; descreve, ainda, os objetivos (geral e específicos), a localização da área de estudo, as justificativas e as hipóteses que consistem no desafio deste trabalho. No Capítulo II A Importância do Zoneamento Ambiental no Planejamento Físico-Territorial discute-se sobre os dédalos dos termos Planejamento, Gerenciamento, Gestão e Zoneamento Ambiental, atualmente percebidos nos trabalhos científicos. Apontam-se, também, os grandes desafios que o Zoneamento assume enquanto um dos instrumentos legais para efetivar o Planejamento Ambiental. O Capítulo III O Estudo e a Representação da Paisagem no Contexto Ambiental pretende uma reelaboração teórica acerca da representação gráfica, sobretudo a cartografia das paisagens, descrevendo as etapas da evolução dos estudos envolvendo a dinâmica da paisagem. Neste aspecto, são revisitados os preceitos das principais Teorias utilizadas na atualidade em trabalhos que visam o Planejamento Ambiental. O Capítulo IV Comunicação Cartográfica e Representação Gráfica das Unidades de Paisagem: uma proposta metodológica - discute os princípios da Comunicação Cartográfica na Geografia, com maior destaque à semiologia gráfica, propondo uma metodologia para a representação e leitura da paisagem, baseada em três níveis diferenciados. O Capítulo IV Comunicação Cartográfica e Representação Gráfica das Unidades de Paisagem: uma proposta metodológica - discute os princípios da Comunicação Cartográfica na Geografia, com maior destaque à semiologia... .pt
dc.description.abstractThis Thesis considers a study on the Graphical Representation of the Units of Landscape in the Ambient Zoning , adopting as case study the City of Ourinhos-SP. Systemize in six chapters, explicit in Chapter I Introduction - the initial concepts concerning this work, discoursing on the main reflections that had motivated the development of the research; it describes, still, the objectives (general and specific), the localization of the study area, the justifications and the hypotheses that consist of the challenge of this work. In Chapter II the Importance of the Ambient Zoning in the Physicist-Territorial Planning argues on the masses of the terms Planning, Management, Management and Ambient Zoning, currently perceived in the scientific works. They are pointed, also, the great challenges that the Zoning assumes while one of the legal instruments to accomplish the Ambient Planning. Chapter III the Study and the Representation of the Landscape in the Ambient Context intends a theoretical rework concerning the graphical representation, over all the cartography of the landscapes, describing the stages of the evolution of the studies involving the dynamics of the landscape. In this aspect, the rules of the main Theories used in the present time in works are revisited that aim at the Ambient Planning. Chapter IV Cartographic Communication and Graphical Representation of the Units of Landscape: considering one methodology - it argues the principles of the Cartographic Communication in Geography, with bigger prominence to the graphical semiology, considering a methodology for the representation and reading of the landscape, based in three differentiated levels. In Chapter V the Ambient Zoning of the City of Ourinhos-SP proceeds it the execution from the Zoning of the City, using it synthesis cartography as Geoambiental document, for the diagnosis of the ambient characteristics of the different... (Complete abstract, click electronic address below).en
dc.format.extent2 v. : il., mapas, gráfs., tabs. + 1 CD-ROM
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectCartografiapt
dc.subjectComunicação cartográficapt
dc.subjectUnidades de paisagempt
dc.subjectZoneamento ambientalpt
dc.subjectRepresentação Gráficapt
dc.subjectCartografia de Síntesept
dc.subjectGraphical representationen
dc.subjectCartographic communicationen
dc.subjectLandscape unit'sen
dc.subjectCartography of synthesisen
dc.subjectAmbient zoningen
dc.titleA representação gráfica das unidades de paisagem no zoneamento ambiental: um estudo de caso no município de Ourinhos SPpt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramGeografia - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaOrganização do espaçopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
dc.identifier.aleph000481556
dc.identifier.filezacharias_aa_dr_rcla.pdf
dc.identifier.capes33004137004P0
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record